Cultura e desenraizamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (353 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O capítulo 2 do livro “Cultura Brasileira Temas e Situações” de Alfredo Bosi relata diversos fatos da situação brasileira, trazendo alguns pontos de vista de Ecléa Bosi.

A introdução do livro,traz como tema o enraizamento, como talvez a necessidade mais importante, porém desconhecida da alma humana e difícil de definir. Entende-se que enraizamento é diferente de isolamento, e quando duasculturas se deparam uma com a outra, não como superior ou inferior, mas como diferentes formas de existir, uma significa para outra uma revelação. Mas dificilmente isso ocorre, e a cultura dominada perdeos meios de expressar sua originalidade.

O desenraizamento da conquista colonial é citado também, que acontece de forma brutal, passando por cima de suas tradições, o que também ocorre com aconquista militar e a dominação econômica. No Brasil a conquista acontece sob formas de monocultura e pastagens, consequentemente trazendo imigrantes e transformando pequenos lavradores em bóias-frias.Sendo assim, como pensar em cultura popular num país de migrantes, que indo à cidade as múltiplas raízes se partem, seria então mais justo pensar a cultura de um povo migrante em termos dedesenraizamento. A partir do momento em que chega à cidade, o migrante entra em um novo mundo, onde o desenraizamento é doença que atinge a cultura, sendo assim, cronologicamente se a migração e o trabalho operáriosão desenraizantes, o desemprego é um desenraizamento de segundo grau.

O individuo desenraizado é vulnerável a qualquer nova ideologia, o proletário alemão por exemplo, desempregado edesmoralizado, adotou a ideologia nazista que acabou com uma Alemanha arruinada.

Desempregado e com uma crise avançando, mostra a um individuo que o seu destino é político, convocando antigos e novoscompanheiros para formar um núcleo de resistência, assim juntos, uma quebra de isolamento que são um bem em si.

Existe um choque do jovem aprendiz que sai da escola e entra na fábrica, pois no primeiro, é...
tracking img