Cultura de tecidos vegetais de plantas ornamentais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1966 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE METODISTA DE PIRACICABA
CIÊNCIAS BIOLÓGICAS
NÚCLEO DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS

Cultura de Tecidos Vegetais de Plantas Ornamentais


Piracicaba – Setembro 2012
Introdução

O cultivo in vitro de tecidos vegetais é baseado principalmente em isolar uma porção da planta denominada explante, e proporcionar artificialmente, condições físicas e químicas adequadas, de modo que oexplante possa continuar seu crescimento e desenvolvimento. São necessários procedimentos de assepsia, evitando-se contaminações por parasitas sistêmicos, afim de eliminar possíveis doenças nos tecidos cultivados (DAMIÃO FILHO, 1995). As flores e plantas ornamentais são produzidas principalmente por sua importância estética. Sendo assim, a melhoria das características de qualidade, como tipo de folha,cor da inflorescência e conservação pós-colheita constrói os atributos e qualidades da planta, e as modificações destes padrões, são objetivos importantes economicamente a serem alcançados. O sucesso da utilização prática das técnicas de propagação in vitro de flores e de plantas ornamentais vem sendo cada vez mais empregado com a finalidade comercial, uma vez que o setor de floricultura necessitade grande numero de mudas uniformes e de alta qualidade genética e fitossanitária durante todo o ano. A micropropagação é uma poderosa técnica que pode oferecer muito ao setor de flores e plantas ornamentais (CARVALHO et al, 2009).

Objetivo

O objetivo deste trabalho é investigar sobre a cultura de tecidos vegetais e suas aplicações na produção de plantas ornamentais de importância comercial.Desenvolvimento

O trabalho foi realizado através de revisão bibliográfica, com pesquisa de artigos científicos nos sites de busca http://scholar.google.com.br/schhp?hl=pt-BR&as_sdt=0 e no site http://www.jstor.org/ sendo utilizadas as palavras chave: Cultivo in vitro, propagação vegetativa e micropropagação. Outras referências foram obtidas através de livros referentes ao tema dabiblioteca pessoal dos autores.

Resultado e Discussão

Segundo Bonner (1936), o botânico Haberlandt apontou que existiam possibilidades na cultura de tecidos vegetais sugerindo que não só as potencialidades de células individuais poderiam ser determinadas, mas que havia possibilidade de adquirir uma visão sobre a influência recíproca de tecidos em correlação.
Biologicamente, os organismos vivosreproduzem-se sexual ou assexuadamente. Comercialmente, é interessante que cultivares de importância agronômica sejam propagadas assexuadamente, pois esse tipo de propagação gera plantas uniformes. Isso decorre do fato de que essas plantas são altamente selecionadas para características desejadas (alta produção, resistência a doenças, etc.). A micropropagação, ou propagação in vitro, mesmo sendouma técnica onerosa em termos de mão-de-obra, de laboratório e de equipamentos, oferece o melhor custo-benefício pois, é possível produzir, em escala comercial, vegetais uniformes com características selecionadas, bem como realizar pesquisas de apoio as diferentes áreas da biologia como genética, a fitopatologia e a fisiologia vegetal (CID, 2009).
Segundo Rocha (2009) o sucesso de empreendimentosagrícolas depende, dentre outros fatores, da qualidade dos explantes extraídos dos materiais propagativos utilizados, sendo precedentes para uma produção em escala comercial. Para obter uma produção de material propagativo em que existe o conhecimento da origem genética e dos padrões de qualidade exigidos para tal finalidade, a técnica da micropropagação é certamente a mais adequada. Amicropropagação é uma realidade em diversas partes do mundo como a Europa, América do Norte, Ásia e Austrália. Dentre muitas vantagens da técnica do cultivo in vitro, destaca-se a rapidez na produção de material vegetal isento de pragas e doenças, possibilitando aos laboratórios a manipulação da qualidade genética das plantas; produção em curto espaço de tempo, ao longo de todo ano, sob condições...
tracking img