Crime organizado na guine bissau

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4238 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de janeiro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
GUINÉ-BISSAU, UM ESTADO FALHADO...



Indíce

1-Nota Introdutória
2-Introdução
3-Abstract
4-Resumo
5-Guiné-Bissau: Uma breve apresentação geral
6-Guiné-Bissau, Um Estado Falhado?
7-A constante violação dos Direitos Humanos
8-O Flagelo do Narcotráfico
9-Guiné-Bissau, a nova rota dos Narcotraficantes
10-Democracia Vs Narcotráfico
Conclusão
Referências Bibliográficas
Anexos2-INTRODUÇÃO
No período pós Guerra-fria, o número de Estados frágeis(principalmente Países Africanos) registou um aumento significativo, suscitando preocupação na comunidade internacional pela relação entre as vulnerabilidades destes Estados e ameaças transnacionais como o terrorismo, o crime organizado internacional e a proliferação de armas.
Estamos perante Estados que caracterizam-se porfronteiras com escassa e inadequada vigilância, insegurança, instabilidade política, falta de recursos e serviços prestados pelo próprio Estado, e corrupção. Tornam-se, por isso, incapazes de exercer autoridade no seu território e no controlo das suas fronteiras, têm sérias fragilidades nos sectores policial e judicial com a consequente dificuldade em investigar, julgar e condenar criminosos.
Porestas razões, os terroristas encontram nos Estados frágeis refúgios, por vezes temporários outras vezes mais duradouros, onde têm a liberdade para desenvolver as suas operações sem interferência de quaisquer forças de segurança desses Estados.
Assim, determinados países da África Ocidental tornam-se óptimos destinos para vários tipos de criminosos, ameaçando a paz e estabilidade, não só da suaregião como do mundo visto que vários actos terroristas tiveram, a dado momento da sua elaboração, ligações a diversos pontos do globo.
A Guiné-Bissau tem-se confrontado com uma das maiores crises de sempre, desde a independência de Portugal, o assassinato de Nino Vieira, passando pelas sucessivas instabilidades políticas, às revoltas da população para terem melhores condições de vida, terminando nocrime organizado e no crescendo tráfico de droga, a Guiné - Bissau fixa-se num país sem ordem.
A Guiné-Bissau é um país muito vulnerável, tem um fraco sistema judicial, um espaço aéreo e marítimo fora de controlo, fronteiras terrestres abertas, crescendo números de casos de grupos organizados a actuarem livremente e grupos de narcotraficantes a circularem livremente pelo país. Esta é umarealidade presente no dia-a-dia dos Guineenses. Ainda se encontra presente nos Guineenses os sucessivos governos e a luta diária pela sobrevivência nas ruas de Bissau.

3-Guiné-Bissau: Uma breve apresentação geral
A Guiné-Bissau, é um país localizado na Costa Ocidental de África, com um território de 36.125km2. Faz fronteira a norte com o Senegal, a este e Sudeste com a Guiné-Conacri e a Sul e Oestecom o Oceano Atlântico. Do ponto de vista territorial, o país possui uma parte continental e uma outra insular, composta por um total de 80 ilhas (o Arquipélagodos Bijagós).
O país está mergulhado numa profunda crise económica, encontrando-se neste momento no grupo dos países mais pobres do mundo, uma das razões pela qual se explica a instabilidade política com que o país se tem deparado ao longodos tempos.
Trata-se de uma antiga colónia Portuguesa, a Guiné-Bissau iniciou a sua revolta armada nos anos 60, através do PAIGC, fundado pelo intelectual cabo-verdiano Amílcar Cabral, que estava no exílio em Conacri.
A independência foi unilateralmente declarada em 24 de Setembro de 1973, vindo a ser reconhecida por Portugal a 10 de Setembro de 1974, tendo sido a primeira colónia portuguesa naÁfrica a ter reconhecida a sua independência.
A sua constituição foi aprovada em 16 de Maio de 1984 e revista em Maio de 1991.O poder legislativo é exercido pela Assembleia Nacional Popular e o poder executivo está investido no Presidente da República.
O presidente da República é o Senhor Malam Bacai Sanhá e o Primeiro Ministro o Senhor Carlos Gomes Junior.
A capital da Guiné-Bissau é...
tracking img