Criatividade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (493 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEEVALE

MARIANA ISABELLA OSTJEN

CRIATIVIDADE

Novo Hamburgo

2011

MARIANA ISABELLA OSTJEN

CRIATIVIDADE

Resenha para avaliação na disciplina de
Criatividade àUniversidade Feevale, baseado
na entrevista de Mário Persona.

Professor: Maurício Bergenthal de Andrade

Novo Hamburgo
2011

Primeira página, primeiro capítulo do livro, um diálogo entre umacriança e um adulto.
Ali, apresenta-se uma figura para os dois e ambos são questionados sobre seu significado. O
adulto diz que a figura representa um chapéu enquanto a criança afirma que se trata de umelefante dentro de uma cobra. Realmente, a figura era um elefante dentro de uma serpente.
Podemos observar na obra “O Pequeno Príncipe” de Antoine de Saint Exupéry, a diferença de
percepção entre umadulto e uma criança.
Quando nascemos, possuímos uma alta capacidade de ser criativo. Mesmo não sabendo
falar, arranjamos maneiras de saciar nossas necessidades, sejam físicas ou emocionais, para anossa sobrevivência. Na infância, a utilização constante da imaginação estimula ainda mais a
criatividade. Com o passar dos anos, somos submetidos a ensinamentos sobre o que é certo ou
errado,aprendemos a conviver com base em regras que norteiam a sociedade e muitos valores
nos são transmitidos.
Mário Persona, em sua entrevista, afirma que qualquer ambiente que possua regras, se
tornaautomaticamente um bloqueador no processo criativo. Isso não quer dizer que o ambiente
o exclua, mas sim que diminua sua capacidade total.
Pablo Picasso, um dos mestres da arte no século XX, dizia quenão devemos ter medo
de inventar seja o que for, porque tudo que existe em nós existe também na natureza, pois
fazemos parte dela. A partir disso, podemos estabelecer relação com o que Mário Personacita
em sua entrevista. Muitas pessoas têm medo de criar algo, preocupadas com a opinião alheia e
esse medo consequentemente torna-se um bloqueador.
A conformidade nos rodeia. Nos acomodamos com...
tracking img