Criando uma ong

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5844 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Desafios à gestão de ONGs: OSCIPS do Grande ABC

Letícia Martinet Cardoso Martone 1 lemartone@hotmail.com

Antônio Carlos Gil 2

acgil@uol.com.br

1 Universidade Municipal de São Caetano do Sul – IMES – São Caetano do Sul, SP, Brasil 2 Universidade Municipal de São Caetano do Sul – IMES – São Caetano do Sul, SP, Brasil

RESUMO
As Organizações Não Governamentais foram vistas a partir daúltima década do século XX como entidades capazes de solucionar muitos dos problemas decorrentes da presença cada vez menor do Estado nos setores sociais. No entanto, essas organizações, assim como as do primeiro e segundo setor, vêm enfrentando sérios desafios de gestão. Ao contrário porém do que ocorrem com a Administração de Empresas e com a Administração Pública, as ONGs ainda se deparam coma falta de um modelo de gestão e de pesquisas empíricas sobre este universo, que possam direcionar suas atividades e possibilitar maior efetividade em seus resultados. Na região do Grande ABC, assim como no país como um todo, são poucos os estudos sobre as organizações sem fins lucrativos. Assim, esta pesquisa visa a contribuir para o maior conhecimento da realidade vivenciada pelas ONGs,identificando suas dificuldades de gestão, sob o ponto de vista de seus dirigentes ou gestores, e delimitadas a cinco áreas da administração: planejamento estratégico, captação e gestão de recursos, marketing, gestão de pessoas e governança. Trata-se de um estudo de caso coletivo envolvendo seis entidades da região, selecionadas pelo critério de acessibilidade. Para obtenção dos dados, procedeu-se àanálise de documentos, observação direta e entrevistas com seus líderes. Constatou-se que um dos principais desafios de gestão dessas organizações é o da captação e gestão de recursos, principalmente quando procuram cumprir com suas obrigações enquanto organizações do segundo setor, como por exemplo, pagar salários ou ajuda de custo. Constatou-se também que existem diferenças quanto à forma de gestãoentre as organizações que contam os recursos públicos como o meio principal e fundamental para manutenção dos seus objetivos, e aquelas que buscam sua auto sustentabilidade através da produção e venda de produtos e/ou serviços.

Palavras-chave: Terceiro setor, ONG, desafios de gestão

1. Introdução O fenômeno social chamado de Organizações Não Governamentais tem sido tema corrente de discussãonão só no âmbito da sociedade civil como também no do governo e das organizações com fins lucrativos, podendo ser entendido como uma resposta à exclusão social crescente.

É uma forma de organização diferente das até então conhecidas como o Primeiro Setor (governamental) e o Segundo Setor (organizações com fins lucrativos). Elas são entidades privadas, mas que tem como finalidade a promoção dobem público. Esta pode ser a única afirmativa consensual em relação à sua classificação. Igrejas, sindicatos, associações, fundações e ONGs. Mas é certo que seu poder de ação e organização têm sido reconhecidos no Brasil. Não só pelo seu crescimento em número de entidades como também em relação à ampliação dos seus campos de atuação. Acreditava-se que essas organizações seriam capazes de resolver osproblemas sociais, também decorrentes da ausência do Estado. Entretanto, constata-se que, assim como a Administração Pública e as empresas com fins lucrativos encontram desafios em relação à sua gestão, as ONGs ainda se preocupam com diversas questões ligadas às suas particularidades, como por exemplo, atrair voluntários e mantê-los envolvidos em seus ideais. Neste sentido, o desafio de gestãodessas organizações pode ser considerado um desafio imperativo a seus gestores. Assim, esta pesquisa se propôs a identificar desafios de gestão sob o ponto de vista de seus gestores, limitando-se aos seguintes campos da administração: planejamento estratégico, captação e gestão de recursos, marketing, gestão de pessoas e governança.

2. O cenário político, econômico e social A migração para...
tracking img