Credito de carbono

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1733 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
26/04/2011

Oficina de Crédito de Carbono

Marco Mazaferro
Abril 2011

        




Expectativas e Apresentações O que é o Crédito de Carbono Diferença entre Allowances e Offsets Mercados Globais de Carbono (EU-ETS, MDL e outros) Adicionalidade e Outros Conceitos Como funcionam e Custos Envolvidos Estudos de Caso Comercialização, Valores e Preços do Carbono Futuro dos Preços e dosMercados Oportunidades para Países não Anexo I Reflexão e Conclusão

PROGESA: Programa de Gestão Estratégica Socioambiental

Conteúdo

1

26/04/2011

 Mestre em Desenvolvimento

Energético Sustentável pela University of Calgary  Pós graduado em Finanças pela FIA  Graduado em Administração pela PUC-SP  “Managing Partner” da EQAO (antiga Ecoinvest)  Empresa coligada de Energia Renovável – Ecopart(eólica e pch em operação e portfólio de projetos em desenvolvimento)







Líder no Brasil em registro de projetos na ONU (45 registrados / 38 no Brasil e demais em países latino americanos: Colômbia, El Salvador, Honduras e Guatemala) Líder no Brasil em emissão de créditos de carbono (excluindo aterros e gases industriais) Assessoria na emissão de 6,2 milhões de créditos de carbono e nacomercialização de mais de 7 milhões de créditos ou mais de 250 milhões de reais

PROGESA: Programa de Gestão Estratégica Socioambiental

Experiência em Carbono

PROGESA: Programa de Gestão Estratégica Socioambiental

Apresentação

2

26/04/2011



Participação na aprovação de quatro metodologias de MDL
 Consolidated baseline methodology for grid-

connected electricity generation from renewablesources  Substitution of CO2 from fossil or mineral origin by CO2 from renewable sources in the production of inorganic compounds  Grid connection of isolated electricity systems  Methodology for collection, processing and supply of biogas to end-users for production of heat



Uma tonelada de Dióxido de Carbono equivalente (CO2e) que deixou de ser emitida de maneira adicional
 reduçãopermanente  redução não permanente – CO2 sequestrado

 

Outros Gases do Efeito Estufa (GEEs) são: CH4, N2O, HFC e SF6 Não confundir com gases causadores do “buraco na camada de ozônio”.
 Gases regulados pelo Protocolo de Montreal

PROGESA: Programa de Gestão Estratégica Socioambiental

Crédito de Carbono

PROGESA: Programa de Gestão Estratégica Socioambiental

Experiência em Carbono

3

26/04/2011

    

Allowances (Permissões) são leiloadas (ou dadas) por reguladores de um mercado de cap and trade (ex.: no mercado Europeu são os EUAs) Os recursos são revertidos para o combate ao aquecimento global CERs são “offsets” certificados pela ONU por redução de emissão comparado com uma linha de base CERs podem por exemplo ser utilizados na Europa em substituição às Alowances Outros offsetssão: EUR (mercado regulado) e VCS e VER (mercados voluntários) Gold Standard selo de qualidade



European Trading Scheme (EU-ETS) o primeiro e o maior mercado de combate as mudanças climáticas e redução de emissão de GEEs
 Transacionou 118.474 bilhões de dólares em 2009, alta

de 18% em comparação ao ano anterior

Emissão da Comunidade Européia (CE) reduziu 16% entre 1990 e 2009  PIB da CEcresceu 40%


PROGESA: Programa de Gestão Estratégica Socioambiental

EU-ETS

PROGESA: Programa de Gestão Estratégica Socioambiental

Diferença entre “Allowance” e “Offset”

4

26/04/2011



Regula 11.000 instalações em 30 países
 Geração de energia (20 MWth)  Metais  Cimento, vidro  Papel e Celulose  Aviação (a partir de 2012)



que podem transacionar EUAs, CERs e ERUs ou investir em medidasdomésticas (ex.: energia renovável na Europa)

http://ec.europa.eu/clima/policies/ets/index_en.htm



CERs foram, são e serão aceitos com algumas restrições nas Fases do mercado Europeu
 Fase I 2005 – 2008;  Fase II 2009 – 2012; e  Fase III 2013 – 2020



A aceitação na Fase III ainda a definir. (Diretriz Européia Junho de 2009)
 Restrições de qualidade (HFC-23 e N2O de Acido Adípico) ...
tracking img