Creche

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2673 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MÉTODO DE PESQUISA






















Manaus
2010






Manaus
2012

SUMÁRIO











































APRESENTAÇÃO




O presente trabalho tem como alvo principal a criança. O mesmojustifica-se por várias razões, dentre elas, podemos destacar o fato da creche ter um significado político e social perante a sociedade, o “tabu” existente na mesma, por ser considerada um “depósito de criança” que na realidade, atualmente, são poucas as creches que funcionam apenas para prestar assistência. Esta visão tem mudado, pois a creche, hoje, já possui uma política pedagógica a oferecer,pois visa o desenvolvimento cognitivo, cultural e social da criança

































PROBLEMA DA PESQUISA


Assim como os partidos políticos, os movimentos sociais precisam se articular politicamente para alcançar seus objetivos e, conseqüentemente tentar solucionar algumas contradições, na medida do possível, pois geralmente os movimentossociais surgem em função das demandas não satisfeitas à população.
Um dos movimentos que possibilitaram, e que apoiou o surgimento de outros, foi o movimento feminista (1960) que possuía o objetivo de conseguir igualdade política, social e econômica entre homens e mulheres. O mesmo impulsionou o surgimento do movimento do custo de vida, que posteriormente se tornou o movimento contra a carestia quesurgiu em função da crise econômica gerada pela ditadura. Também apoiou a formação dos clubes de mães (1974) formados por mulheres “donas-de-casa” que dessa maneira adquiriram a possibilidade de debater os problemas do dia-a-dia, dando ênfase ao movimento em favor da criação de creches.
O movimento feminista, um dos pioneiros em defender os direitos das mulheres, fez com que a mulher começasse areivindicar seu direito à sexualidade, à maternidade e, principalmente, a creche. O movimento por creche surgiu em função da crise econômica que “obrigou” a mulher a se inserir no mercado de trabalho para ajudar no sustento da família.
Segundo Gohn, a economia se diversificou e redistribuiu o papel social dos indivíduos e, principalmente, da mulher perante a sociedade:
... as questõesestruturais envolvidas têm a ver com as alterações do sistema produtivo que gerou novas necessidades, diversificou o mercado de trabalho, redistribuiu a divisão social do trabalho na sociedade, incorporando a mulher como mão de obra necessária para completar o salário de sobrevivência, ou para ocupar funções que passaram a ser menos remuneradas... (1985, p.107)
Pode-se dizer que o movimento por crechesnão é só uma reivindicação das mulheres, mas, também, da sociedade em geral tentando reconhecer a situação da mulher enquanto mãe e trabalhadora.

O movimento por creches passou por várias etapas que foram desde os clubes de mães até o movimento feminista. Esses movimentos conduziram ao 1º encontro da mulher (1979) realizado em São Paulo, onde foi lançado, oficialmente, o movimento em favor dascreches e ficou estabelecida a demanda de que as creches deveriam ser mantidas e financiadas pelo Estado. O argumento para este reclamo foi que a população pagava taxas e impostos e por isso a creche deveria ficar sob responsabilidade do Estado.
Este movimento foi um dos mais duradouros do país, estendeu-se ao longo das décadas de 70 e 80, buscando a implantação de creches para atender ademanda, ou seja, as mães.
O movimento em favor das creches, com o passar dos anos, foi conquistando espaço na sociedade passando por várias transformações, principalmente em relação às reivindicações feitas na década de 80, onde o Estado, tentando suprir as necessidades das mães trabalhadoras garantiu a criação e implantação de creches para atender a demanda, somente, em algumas cidades do país....
tracking img