Crea

Páginas: 18 (4346 palavras) Publicado: 28 de outubro de 2012
SISTEMA CONFEA/CREA: REFLEXÃO SOBRE SUA NATUREZA JURÍDICA
Nivaldo J. Bosio RESUMO O objetivo deste é trazer à reflexão dos profissionais as implicações de o Sistema Confea/Crea se constituir em autarquia e buscar, se for o caso, uma nova alternativa de personalidade jurídica, mantendose, por imanente, o caráter de serviço público. O Sistema Confea/Crea, diversamente da OAB, aquietouse,permaneceu inerte durante muito tempo. Restou a reboque do governo militar, aceitando, ou pelo menos, não questionando, as investidas do governo em sua autonomia. Talvez tenha chegado o momento de discutir o que os profissionais desejam e, definido o rumo, lutar pela sua implantação. O assunto não se esgota aqui, ao contrário, está apenas iniciando. INTRODUÇÃO O Sistema Confea/Crea é constituído peloConselho Federal e pelos Conselhos Regionais e, segundo o art. 80 da Lei n.º 5.194, de 24 de dezembro de 1966, são “autarquias dotadas de personalidade jurídica de direito público, constituem serviço público federal, gozando os seus bens, rendas e serviços de imunidade tributária total (art. 31, inciso V, alínea a da Constituição Federal) e franquia postal e telegráfica.” O objetivo deste artigo é tãosomente expor as características das “autarquias” Confea/Crea visando informar os profissionais da Engenharia, Arquitetura, Agronomia, Geologia, Geografia, Meteorologia, sejam eles de nível superior ou técnico, na busca do “shido” – caminho – que melhor atenda à sociedade e aos próprios profissionais. O que vem a ser autarquia? O Decreto-Lei n.º 200, de 25 de fevereiro de 1967, que dispõe sobre aorganização da Administração Federal, em seu art. 4º determina: Art. 4º - A administração federal compreende: I - a administração direta, ...; II - a administração indireta, que compreende as seguintes categorias de entidades, dotadas de personalidade jurídica própria: a) autarquias; b) ............ E seu art. 5º define a autarquia: Art. 5º - Para os fins desta lei, considera-se: I - autarquia - oserviço autônomo, criado por lei, com personalidade jurídica, patrimônio e receita próprios, para executar atividades típicas da administração pública, que requeiram, para seu melhor funcionamento, gestão administrativa e financeira descentralizada; O tema tem sido objeto de estudos por grandes juristas quer sob o aspecto tributário quer sob o do direito administrativo. Dentre outros, AliomarBaleeiro, Geraldo Ataliba, Themístocles Cavalcanti, o pranteado e inesquecível mestre Hely Lopes Meirelles (1991), Celso Antonio Bandeira de Mello (1992), Ives Gandra da Silva Martins, Diógenes Gasperini (1989), Maria Sylvia Zanella di Pietro (2006) e Odete Medauar (1996). Di Pietro, em seu excelente “Direito Administrativo” (2006: 422 e 423), diz que “há certo consenso entre os autores ao apontaremas características das autarquias”: 1- criação por lei; 2- personalidade jurídica pública;

1

3- capacidade de auto-administração; 4- especialização dos fins ou atividades; 5- sujeição a controle ou tutela. Apesar de o artigo 5º, do Decreto-Lei n.º 200/67 não mencionar, a doutrina e a jurisprudência reconhecem a autarquia como pessoa jurídica de direito público. Di Pietro conceitua autarquiacomo “pessoa jurídica de direito público, criada por lei, com capacidade de auto-administração, para o desempenho de serviço público descentralizado, mediante controle administrativo exercido nos limites da lei” (op.cit.: 423). A autarquia é criada por lei (art. 37, XIX, CF 88), porém sua organização é estabelecida por seu estatuto ou regulamento, devidamente aprovado por decreto do poderExecutivo. Di Pietro classifica os órgãos que fiscalizam o exercício das profissões como autarquias profissionais ou corporativas, quanto ao tipo de atividade, e como institucionais ou de serviços, quanto à capacidade específica. As autarquias são uma extensão do Estado, nele estão inseridas. São entes administrativos autônomos que realizam serviço público típico. Não há subordinação hierárquica com a...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Creas
  • crea
  • Creas
  • Creas
  • Crea
  • CREA
  • Crea
  • Crea

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!