Crase

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (428 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A crase é um instrumento que deixa o texto mais bonito e melhora a interpretação do leitor, contudo, ao aprendê-la, a maioria tem dificuldade em diferenciar ou assimilar o seu uso. Creio que sejamuito simples, porém, as regras que nos dão quando do colégio, dificulta muito o aprendizado, por serem amplas. Acontece que isso perdura de gerações e nosso país tem o método mesmo de adotar regraslocais detalhadas, não só na língua portuguesa, como em outros gêneros, o que muito acontece no ramo jurídico, onde é considerado mundialmente o país com a lei mais detalhada. Porquanto, na gramática nãodeixa de ser. Seria muito mais fácil que não tivesse o uso da crase, mas e a beleza do texto, o diferencial da coisa, onde estaria?! Fácil, realmente seria, porém, não seria único. Sabemos que algunsautores modificam os textos para criarem um “estilo próprio”, porém, gramaticalmente não é o correto, por isso, é importante saber as regras sim, e não seguir apenas o conteúdo de textos literários.Não seguir aquela frase típica de irmãos que brigam: “mas ele fez, porque eu não posso fazer também”.
Em meio a inúmeras tentativas de compreender o verdadeiro uso da crase, só consegui visualizaristo, é apenas estética que conta, pois a interpretação, na verdade, vai de cada leitor e até mesmo do autor que ao transcrever um texto, interpreta de sua forma visando, claro, que alguns leitorespensem de conformidade com o que foi requerido.
Neste diapasão, é notório que lembramos mais daquilo que não podemos àquilo que devemos, pois lembramos que é proibido fazer algo e às vezes, ou a maioriadelas, não lembramos o porquê.
Assim, adquiri uma técnica para não mais errar no uso da crase, e me veio uma palavra simples: ROSA, não só por ser adepta a cor rosa, mas pela essência dela, assim,vejamos letra por letra. O “r” é a letra de uma terminação verbal, ou seja, amar, querer, ter, poder etc., onde não se pode usar a crase. O “o” é a letra que determina o gênero masculino, onde também...
tracking img