Crase

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1901 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Crase

E.E. Maestro Heitor Villa Lobos
Campo Grande – MS Novembro 2011
Ana Flavia
Bruna Moraes
Damaris Fasolin

Crase
-------------------------------------------------
Trabalho apresentado para obtenção de nota parcial da disciplina língua Portuguesa ministrada pela professora Lindinalva Leal

E.E. Maestro Heitor Villa Lobos
Campo Grande – MS Novembro 2011
Dedicatória

“Nossasdúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com freqüência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar.”
William Shakespeare
Índice

Introdução…………………………………………………………………………5
Crase………………………………………………………………………………6
Regras praticas……………………………………………………………………8
Crase Proibida……………………………………………………………………9
Crase obrigatória…………………………………………………………………11
Crase facultativa…………………………………………………………………12Casos especiais de crase………………………………………………………14
Emprego de HÁ e A (em relação a tempo)……………………………………16
Conclusão…………………………………………………………………………17
Referencia Bibliográfica…………………………………………………………18
Anexos……………………………………………………………………………19

Introdução

CRASE

Crase é a união, a fusão de duas vogais iguais.
A crase é representada pelo acento grave (`).
Observe com atenção as construçõesabaixo:
Ex.: Hoje você irá A + A cidade.
(preposição exigida pelo verbo ir + artigo acompanha o substantivo cidade)
Portanto, não confunda crase (A + A) com acento grave (`).
Observe que alguns termos pedem o uso da preposição A:
Estou apto a ... Sou favorável a...
Assisti a... Quero ir a...
Se a palavra posterior for feminina, utilizaremos o artigo feminino A.
Estou apto a + afunção. Sou favorável a + a reeleição.
Assisti a + a novela. Quero ir a + a praia.
Se a palavra posterior for masculina, utilizaremos o artigo masculino “o”.
Estou apto a + o trabalho. Sou favorável a + o pleito.
Assisti a + o filme. Quero ir a + o clube.
Na língua portuguesa, Crase é a fusão de duas vogais idênticas, mas essa denominação visa a especificar principalmente a contração ou fusãoda Preposição a com os artigos definidos femininos ( a, as) ou com os Pronomes Demonstrativos a, as, aquele, aquela, aquilo, aquiloutro, aqueloutro. Para saber se ocorre ou não a Crase, basta seguir três regras básicas:

Só ocorre Crase diante de palavras femininas, portanto nunca use o acento grave indicativo de Crase diante de palavras que não sejam femininas. Ex. O sol estava a pino.
SemCrase, pois pino não é Palavra feminina. Ela recorreu a mim. Sem Crase, pois mim não é Palavra feminina. Estou disposto a ajudar você. Sem Crase, pois ajudar não é Palavra feminina.

Se a Preposição a vier de um verbo que indica destino (ir, vir, voltar, chegar, cair, comparecer, dirigir-se...), troque este verbo por outro que indique procedência (vir, voltar, chegar...); se, diante do queindicar procedência, surgir da, diante do que indicar destino, ocorrerá crase; caso contrário, não ocorrerá Crase. Ex. Vou a Porto Alegre. Sem Crase, pois Venho de Porto Alegre. Vou à Bahia. Com Crase, pois Venho da Bahia. Obs.: Não se esqueça do que foi estudado em Artigo.

Se não houver verbo indicando movimento, troca-se a Palavra feminina por outra masculina; se, diante da masculina, surgirao, diante da feminina, ocorrerá crase; caso contrário, não ocorrerá Crase. Ex. Assisti à peça. Com Crase, pois Assisti ao filme.
Paguei à cabeleireira. Com Crase, pois Paguei ao cabeleireiro. Respeito as regras. Sem Crase, pois Respeito os regulamentos

Regras práticas

A crase só pode ocorrer antes de palavras femininas, porque só antes de palavras femininas é que pode existir artigo A(s).Para saber se ocorre ou não crase, pode-se usar o seguinte recurso prático:
Troca-se a palavra feminina por uma masculina equivalente.
Se, antes da palavra masculina aparecer ao(s), isso indica que se deve usar o sinal de crase antes da palavra feminina.
Ex.: Ele se refere à festa de hoje.
Ele se refere ao baile de hoje.

Crase Proibida

A crase será proibida sempre que a...
tracking img