Crack

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1735 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Enfrentamento do problema do crack no contexto da saúde publica.



Sem duvidas e o crack é um grande problema que abrange não apenas aos usuários e sim toda sociedade por esse motivo o crack é um tema que deve ser ressaltado e discutido, pois nenhum problema deve ser guardado é sim demonstrada a todas as populações para que a sociedade esteja ciente dos riscos e perigos que existe na vidade um dependente das drogas.
Para ressaltar esses perigos, nada melhor do que as pessoas que trabalham diretamente com o crack.
Pessoas nas quais possibilitaram passar seus conhecimentos através de entrevista a nos estudantes de Serviço Social.


O primeiro entrevistado foi o enfermeiro Jean Carlos Dos Santos que trabalhou no Hospital Espírita de Anápolis e atualmente trabalha no PSF deGirassol Município de Cocalzinho de Goiás. A onde acolhe os dependentes químicos e encaminham para o hospital Espírita de Anápolis onde eles São internados e tratados no intervalo de 30 e 90 dias.

- Jean você que está diariamente com pessoas usuárias do crack, o que você pode falar sobre o perfil e o comportamento deles?
- A maioria dos dependentes teve problemas com a família e sofreuabuso ou negligencia e o comportamento deles pode variar de acordo com a região e a grande maioria é de sexo masculino. O usuário tipo do crack é pobre, tem baixa escolaridade e possui entre 20 e 40 anos de idade.

- Como a população de nível baixo procura o tratamento? Conseguem ver resultados?
- gastando todo o dinheiro que se tem em drogas não se tem para o tratamento, então a populaçãocarente não tem acesso aos tratamentos e não acostumam abandonar o vicio por problemas de saúde.

- Quais são os principais lugares para se encontrar as drogas e juntamente os usuários?
- Antigamente as drogas eram apenas achadas aonde tinham maiores números de compradores, nos dias atuais à procura e as vendas tiveram um grande aumento sendo que as drogas, os traficantes e os usuários não seencontram apenas nas grandes metrópoles, mas também espalhadas por áreas que não apareciam antes, como às cidades do interior.

-E quais são as conseqüências causadas pela drogas que você poderia citar?
- as conseqüências que são diagnosticadas nas maiorias das vezes são os transtorno de humor , episodio depressivo, características melancólicas risco de suicídio, episodio maníaco, agorafobia (causada quando sente medo do publico), transtorno de personalidade e transtorno anti-social.



- me conte mais dos usuários e o que eles passam com os aspectos de desintoxicação?
- Quando uma pessoa esta na fase de desintoxicação acontece à síndrome de abstinência que são sintomas decorrentes da falta da drogas em usuários dependentes caracteriza-se por sensações de mal-estar e diferentescomo insônia, náuseas, tremores, alucinações, mudanças de humor, sudorese, fraqueza e tantas outras.




A segunda entrevistada foi a Doutora Maria Salete Rezende – Psiquiatra.
Ela nos ressaltou algumas informações sobre a síndrome de abstinência.

Segundo a Dra. Maria Salete, diz que a abstinência segundo o DSM-IV é caracterizada com uma síndrome especifica (sinais e sintomascaracterísticos) à determinada substância que surge devido à interrupção ou a redução no consumo da mesma em geral após o uso prolongado ou em altas doses causando sofrimento e impactos clinicamente significativos em diversas áreas no funcionamento do individuo.

A doutora nos forneceu nome de exames complementares, tais como:


Hemograma completo
Exames de coagulação
Enzimas hepáticas enzimascandiculares e função hepática
Perfil lipídico
Glicemia
Função renal
Eletrólitos
Proteína total e frações
Gasometria
Avaliação de complicações clinica e diagnostica diferencial (de acordo com a substancia)
Sorologias hepalites virais, HIV, sífilis.
Radiografia do tórax.

Logo após ela relatou os problemas causados com a síndrome de abstinência

- a síndrome de abstinência causa...
tracking img