Crack

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1820 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]





















































































SUMÁRIO


SUMÁRIO:


Resumo: ….....................................................................................................4.
1-Introdução:...................................................................................................5
2 - Desenvolvimento: …..........................................................................6 – 8
3 - Conclusão: …...........................................................................................9
Referências Bibliográficas: ....................................................................... 10Resumo:
Tratar o uso do crack como um caso de polícia, é política pública destinada ao fracasso. Não é possível entender como uma droga com um enorme poder de destruição do organismo se espalhou pelo país, sem verificar os dados econômicos do seu comércio. A cocaína fumada sob a forma de crack possui propriedades farmacológicas que provocam uma sensaçãoimediata de prazer intenso que leva a uso compulsivo. Não é possível eliminar do mercado um produto com essas características. A solução para enfrentá-lo é diminuir o número de usuários.
Assim, tão necessário quanto discutir formas de combater o uso de drogas é proporcionar estrutura e assistência aos dependentes químicos em todo país.

Palavras-chave: crack, dependência química, social.1 - Introdução:


O crack chegou ao Brasil na década de 1990 e se espalhou primeiramente em São Paulo. Depois se alastrou rapidamente pelo país por ser uma droga de baixo custo, haja vistas que os traficantes fabricavam o crack misturando a pasta da cocaína com bicarbonato de sódio. Para fabricar as pedras de crack, são misturadas à cocaína substâncias tóxicas comogasolina, querosene e água de bateria. Quando a pedra de crack é aquecida ela queima e faz um ruído. Este ruído deu origem ao nome crack. O crack é fumado em cachimbo, tubo de PVC ou aquecido numa lata e pode ser misturada com a maconha e fumada com ela.
As políticas públicas de combate ao crack ainda se mostram
Incipientes se comparadas ao avanço epidêmico da droga. Uma das principaisdificuldades para quem precisa do tratamento e não tem condições de arcar com o mesmo é o entrave nas ações de internações em clinicas ou comunidades de
Internações.
O uso do crack é um problema social que não está restrito somente às metrópoles, está presente na população urbana e também na população rural. Aliás, o consumo de crack cresceu muito e tem atingido todas as classessociais, pobres, ricos, homens e mulheres, jovens e crianças.






















2 - Desenvolvimento:
O crack afeta a sociedade, porque ele leva o usuário a adotar condutas antissociais, ele fica violento, ansioso, tem delírios, tem alucinações e transtornos de personalidade. O crack prejudica as relações sociais, porque o dependente químico tem transtornos dehumor, e ele vive em função da droga, portanto, se afasta da família e tem dificuldades para manter relacionamentos amorosos. Além disso, verificam-se altos índices de violência familiar entre a população usuária de drogas.
Qual a representação social do uso do crack em nossa sociedade, ou seja, como a população compreende este problema?
Ao falar sobre drogas hoje, o país expressa umadas maiores preocupações.
O medo é justificável a disseminação do comércio e do consumo do crack na sociedade é um fenômeno incontestável, atingindo tanto a população urbana quanto a rural, indistintamente, envolvendo homens e mulheres, jovens e adultos, pobres e ricos.
O uso ilícito de drogas, principalmente o CRACK, nos últimos anos tem aumentado num ritmo alarmante...
tracking img