Crack

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (303 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução


A nossa realidade tem exigido que certos temas venham ser mais discutidos, especialmente no campo da saude. Isso acontece porque as razões estao se agravando, o que exigede nós soluções rápidas. Este é o caso do tema Alcool e outras drogaS.
Historicamente, a questão do usoabusivo de alcool e da depêndencia dasdrogas tem sido abordada por uma óticapredominante psiquiatrica e médica, cabe ainda destacar que esse tema vem sendo associado a criminalidade e práticas anti-sociais e ofertas de "tratamentos" inspirados em modelos de exclusão dosúsuarios ao convivio social.
cnstatamos entao que nessa imensidão de propostaspor parte do ministério da saúde criaram "alternativas de atenção"de carater total, fechado e tendo comoprincipal objetivo a ser alcançado a abstinência. A idéia errada da realidade do uso de drogas promove uma cultura de combate a sustanciasque sao por natureza sem efeito fazendo com que odependente e seu meio fiquem isolados em um plano menos importante. Isso se confirma pelas propostas e ações consideravelmente sem efeito.
Uma das proncipais razões para a nao priorizações porparte do Ministério da Saúde, é o impacto economico social, que tem recaído sobre o sus, isso tambem ocorre no que se refere ao resgate do usuário no ponto de vista da saúde e emestrátegias que reforçam o senso comum de que todo consumidor é marginal e perigoso para a sociedade.E
Entendemos que uma política eficaz de prevenção terá que ser construida na junção doministério da saúde com outros ministérios, bem como seores da sociedade civil organizadora. Afirmando ainda que o consumo de alcool e outras drogas é um grave problema da saúde pública.
Adependencia das drogas é um tarnstorno que afeta as pessoas de diferentes maneiras, por razoes diferentes, em diferentes contextos e circunstancias, e se predomina a heterogeneidade...
tracking img