Crack nem pensar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (547 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
02/04/12
Diário Ga cho IR Todos

Crack, nem pensar
Classificados hagah Busca: Em: Todo o clic

Crack, nem pensar

O efei o do c ack no o gani mo
Forma menos pura da cocaína, o crack tem umpoder infinitamente maior de gerar dependência, pois a fumaça chega ao cérebro com velocidade e potência extremas. Ao prazer intenso e efêmero, segue-se a urgência da repetição. Além de se tornaremalvo de doenças pulmonares e circulatórias que podem levar à morte, os usuários se expõem à violência e a situações de perigo que também podem matá-lo. Clique na imagem ao lado e confira, em infográficoanimado, os efeitos do crack no organismo e os riscos que ele impõe à sa de do usuário.

Consequências para a sa de
Intoxicação pelo metal O usuário aquece a lata de refrigerante para inalar ocrack. Além do vapor da droga, ele aspira o alumínio, que se desprende com facilidade da lata aquecida. O metal se espalha pela corrente sanguínea e provoca danos ao cérebro, aos pulmões, rins e ossos.Fome e sono O organismo passa a funcionar em função da droga. O dependente quase não come ou dorme. Ocorre um processo rápido de emagrecimento. Os casos de desnutrição são comuns. A dependência tambémse reflete em ausência de hábitos básicos de higiene e cuidados com a aparência. Pulmões A fumaça do crack gera lesão nos pulmões, levando a disfunções. Como já há um processo de emagrecimento, osdependentes ficam vulneráveis a doenças como pneumonia e tuberculose. Também há evidências de que o crack causa problemas respiratórios agudos, incluindo tosse, falta de ar e dores fortes no peito CoraçãoA liberação de dopamina faz o usuário de crack ficar mais agitado, o que leva a aumento da presença de adrenalina no organismo. A consequência é o aumento da frequência cardíaca e da pressãoarterial. Problemas cardiovasculares, como infarto, podem ocorrer Ossos e m sculos O uso crônico da droga pode levar à degeneração irreversível dos m sculos esqueléticos, chamada rabdomiólise. Sistema...
tracking img