Corpo do trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4084 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Ergonomia Prática
Jan Dul
Bernard Weerdmeester

Capítulo 3 – Informação e Operação

No mundo moderno, um número maior de pessoas usa produtos e sistemas complexos, exigindo interações que consistem em receber informações, atuar, baseando-se nelas. No modelo do sistema homem-máquina, o homem recebe as informações da máquina que atua sobre ela, acionando algum tipo de dispositivo de controle,como por exemplo, a interação entre homem e computador. A fronteira de interação é conhecida como interface.

1.
2.
3.
4.1. O usuário

É de fundamental importância, para a elaboração de programas de computador, conhecer seus usuários, uma vez que suas características determinam a interface a ser projetada. Características do usuário: nacionalidade, idade, nível deinstrução e conhecimentos prévios; controles disponíveis; tarefa a ser executada; freqüência de uso; possibilidade de treinamento.
Modelo mental: cria expectativas sobre o programa a ser operado, influindo no futuro no comportamento do usuário (exemplo: mapas; metáforas; organograma).

4.2. Informações
4.3.1. Informações visuais

Olho – principal fonte de informações. Isto significaque uma pessoa com deficiência visual perde muitas informações ou é capaz de assimilá-las muito lentamente.

4.3.2. Caracteres - recomendações
* Evite textos com todas as letras maiúsculas (Maiúsculas apenas no inicio da sentença);
* Os alinhamentos à direita não devem deixar espaços em branco. Prejudicam a legibilidade, quebrando a continuidade da linha;
* Use tipos deletras simples. São mais legíveis;
* Evite confusão entre letras: Algumas letras são parecidas com outras, podendo causar confusão, uma vez que essas letras possuem formatos semelhantes entre certas letras e números;
* As letras devem ter tamanho adequado. Regra básica:
* O tamanho da letra maiúscula deve ser pelo menos 1/200 da distância da leitura;
* Projeções apresentadas emauditórios – 20 m de profundidade, altura mínima de 10 cm de tela;
* Cartazes – para 100 cm de distancia, considerar a letra em 5 mm de altura;
* Na tela do computador, devem ter pelo menos 3 mm.
* As linhas longas exigem maior espaçamento entre elas. Quanto maior o comprimento da linha, maior deverá ser o espaçamento entre elas;
* Um bom contraste ajuda na legitimidade;* Produza gráficos de fácil entendimento. Devem ser simples para que possam ser entendidos por todos;
* Use símbolos com cuidado.

4.3.3. Percepção da informação visual – recomendações

* Selecione um mostrador adequado;
* Mostradores de ponteiro são melhores para indicação de situação global e percepção de variações ou mudanças rápidas;
* Os digitais são maisprecisos, mas sua leitura torna-se difícil quanto a mudanças muito rápidas;
* Instrumentos de registro são melhores para apresentar fenômenos lentos ou de longa duração.

4.3.4. Audição – recomendações

* Reserve os sons para sinais de alerta. Para a tarefa ser mais bem desempenhada, o sinal deve ser emitido por uma campainha. Pode-se usar o sinal luminoso conjugado com osonoro;
* Selecione a freqüência e intensidade do som:
* Som grave é melhor para se propagar, superando campos e obstáculos;
* Som agudo é melhor quando o ambiente já é dominado por som grave (exemplo: som de ambulância);
* A voz sintetizada deve ser características ajustáveis.

4.3.5. Outros sentidos – informações

* Use o olfato, paladar e temperatura para sinaisde alerta. Só devem ser usados para captar sinais de alerta;
* Use o tato e o senso cinestésico para realimentações. O tato e o senso cinestésico podem ser usados para realimentar o sistema, através dos movimentos de controle, sobretudo, quando estes se realizam fora do campo visual;
* Use diferentes sentidos para informações simultâneas.

4.3. Controles

Os controles podem...
tracking img