Contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (356 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O grupo conclui que a dívida interna brasileira é grande e cara. É um problema muito sério e que não está tendo prioridade na discussão dos principais problemas nacionais. Em função de o governofederal ter expressivo déficit fiscal, a compra de dólares advém da emissão de títulos da divida interna. O Brasil nos últimos anos veio tendo taxa de crescimento anual média entre 3,5 e 4%. Enquanto amédia dos outros emergentes se manteve no mesmo período, na faixa dos 6,5% anuais.

Observamos também que o governo brasileiro tentou formas para reduzir a dívida interna, mas não adianta planejarformas se os gastos com contratação de novos funcionários públicos só aumenta, falta de contenção de despesas, e perdas com desvios de verbas e corrupção, isso faz com que qualquer planejamento desande.Para tentar amenizar, a dívida deverá ser sustentável, ela depende de crescimento, juros razoáveis e superávit primário que garanta que o estoque não vá continuar a crescer, o que não ocorreu,no Brasil, nos últimos anos. Como exemplo, podemos ver a Itália, que é um país com enorme estoque de dívida e um custo, em juros, que superava o brasileiro. Ficou acima de 10% do PIB ao ano, de 1990 a1996. A experiência italiana mostra que, quando o governo consegue produzir um superávit primário maior do que o necessário apenas para manter a dívida estável, ou seja, o suficiente para reduzir oestoque, acaba sendo premiado pelo mercado com uma queda mais forte nos juros, como aconteceu em 1994 e a partir de 1996. Os juros menores, por sua vez, ajudam a reduzir o estoque da dívida e anecessidade futura de superávits primários. O estudo sugere que gerar superávits primários maiores pode ser uma espécie de investimento, com alto retorno, em termos de redução nos juros.
Por fim, concluímosque Governo brasileiro, tem que reaver essas dívidas e montar um planejamento funcional e estratégico para reduzir e até mesmo acabar com a dívida interna, é necessário uma boa administração, e um...
tracking img