Contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1300 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
introdução

A Contabilidade é a ciência que estuda e controla o patrimônio, com o objetivo de representá-lo, evidenciando suas variações, estabelecendo normas para sua interpretação, analisando, auditando e servindo como instrumento básico para a tomada de decisões de todos os setores envolvidos com a empresa.
Para atender a todos que dela fazem uso, esse tipo de contabilidade, precisoupadronizar-se ao redor de determinados Princípios gerais que são a base da preparação dos demonstrativos contábeis de qualquer empresa, de forma que qualquer investidos sempre pudesse adequadamente interpretá-los e compará-los. E como objetivo geral deste trabalho, estes princípios serão apresentados, juntos com a sua importância dentro da Contabilidade.

OS PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DE CONTABILIDADEO Conselho Federal de Contabilidade, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, considerando que a evolução da ultima década na área da Ciência Contábil reclama a atualização substantiva e adjetiva dos Princípios Fundamentais de Contabilidade (PFC), constituiu os mesmos, enunciados pela Resolução CFC 530/81.
A observância dos Princípios Fundamentais de Contabilidade é obrigatóriano exercício da profissão e constitui condição de legitimidade das Normas Brasileiras de Contabilidade (NBC). Na aplicação dos Princípios Fundamentais da Contabilidade há situações concretas e a essência das transações deve prevalecer sobre seus aspectos formais.
Os Princípios Fundamentais de Contabilidade representam a essência das doutrinas e teorias relativas à Ciência da Contabilidade,consoante o entendimento predominante nos universos científico e profissional.
Os princípios são aplicáveis à contabilidade no seu sentido mais amplo de ciência social, cujo objeto é o Patrimônio das Entidades.
São Princípios Fundamentais de Contabilidade:
I) o da ENTIDADE;
II) o da CONTINUIDADE;
III) o da OPORTUNIDADE;
IV) o do REGISTRO PELO VALOR ORIGINAL;
V) o da ATUALIZAÇÃO MONETÁRIA;
VI)o da COMPETÊNCIA e
VII) o da PRUDÊNCIA.

O PRINCÍPIO DA ENTIDADE
O Princípio da ENTIDADE reconhece o Patrimônio como objeto da Contabilidade e afirma a autonomia patrimonial, a necessidade da diferenciação de um Patrimônio particular no universo dos patrimônios existentes, independentemente de pertencer a uma pessoa, um conjunto de pessoas, uma sociedade ou instituição de qualquer natureza oufinalidade, com ou sem fins lucrativos. Por conseqüência, nesta acepção, o Patrimônio não se confunde com aqueles dos seus sócios ou proprietários, no caso de sociedade ou instituição.

O PRINCÍPIO DA CONTINUIDADE
A CONTINUIDADE ou não da ENTIDADE, bem como sua vida definida ou provável, devem ser consideradas quando da classificação e avaliação das mutações patrimoniais, quantitativas equalitativas.
A CONTINUIDADE influencia o valor econômico dos ativos e, em muitos casos, o valor ou o vencimento dos passivos, especialmente quando a extinção da ENTIDADE tem prazo determinado, previsto ou previsível.
Desta forma, por exemplo, bens ou direitos cujo valor contábil seja superior ao valor econômico, por força de obsolescência ou rescisão contratual, devem ser ajustados contabilmente.O PRINCÍPIO DA OPORTUNIDADE
O Princípio da OPORTUNIDADE refere-se, simultaneamente, à tempestividade e à integridade do registro do patrimônio e das suas mutações, determinando que este seja feito de imediato e com a extensão correta, independentemente das causas que as originaram.
Desde que seja tecnicamente estimável, o registro das variações patrimoniais deve ser feito mesmo na hipótese desomente existir razoável certeza de sua ocorrência, o registro compreende os elementos quantitativos e qualitativos, contemplando os aspectos físicos e monetários, e o registro deve ensejar o reconhecimento universal das variações ocorridas no patrimônio da ENTIDADE, em um período de tempo determinado, base necessária para gerar informações úteis ao processo decisório da gestão.

O PRINCÍPIO DO...
tracking img