Contabilidade de custos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5252 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CONTABILIDADE DE CUSTOS


1. Conceitos


Maher (2001, p. 38) define Contabilidade de Custos como o “ramo da contabilidade que mede, registra e relata informações sobre custos.”
Wernke e Bornia (2000) citado por Sá (1995) corroboram que custo é tudo o que se investe para conseguir um produto, um serviço ou uma utilidade (no sentido amplo).
Leone (2000, p. 19) concorda:A Contabilidade de Custos é o ramo da Contabilidade que se destina a produzir informações pra os diversos níveis gerenciais de uma entidade, como o auxílio às funções de determinação de desempenho, de planejamento e controle das operações e de tomada de decisões.




Bornia (2002, p. 35) relata que a contabilidade de custos surgiu com o aparecimento da Revolução Industrial,sendo o objetivo principal calcular os custos dos produtos fabricados. Dessa forma, surgia um novo instrumento para acrescentar valor na mensuração dos produtos. Nesse período, a atividade comercial era a mais atuante, sendo a Contabilidade Financeira o ramo que mais era aplicada, para a avaliação do patrimônio e controle de resultado do período.
As empresas atualmente, segundo VanDerbeck eNagy (2003, p. 6), passaram a reconhecer a grande importância das informações contábeis, para uma operação bem sucedida (incluindo dados sobre os custos específicos). No atual ambiente da economia globalizada, devido aos resultados dessas pressões, as organizações estão enfatizando o controle de custos, numa tentativa de manter seus produtos competitivos no mercado.


Conhecer oscustos [...] é fundamental para se ter a capacidade mínima e necessária para conduzir os negócios neste competitivo ambiente. Porém, para se destacar e estar à frente dos concorrentes, é necessário saber algo a mais, é necessário ter mais informações qualificadas no que diz respeito aos custos diretos e indiretos, principalmente no que tange aos custos indiretos, bem como o entendimento doscritérios de rateio utilizado (ELIAS ET AL., 2009).


VanDerbeck e Nagy (2003) afirmam ainda que a contabilidade de custos veio a surgir com o propósito de fornecer os dados sobre custos que a gestão precisa para controlar as operações atuais e se planejar para o futuro, fornecendo as informações que permitem à gerência alocar recursos para as áreas mais eficientes e rentáveis da operação.Dessa forma, Elias et al. (2009) apontam que a Contabilidade tem um papel fundamental no gerenciamento destes custos e na contribuição para a tomada de decisão. Seja no desenvolvimento de métodos de custeio que facilitem o conhecimento e a administração dos custos de produção, ou no entendimento dos processos produtivos, bem como na adequação destes processos sempre com o objetivo de aperfeiçoar oprocesso de produção.Tais fatos têm feito com que muitas empresas desprendam mais investimentos neste campo, pois a melhoria contínua destas informações e processos tem minimizado consideravelmente os custos e, conseqüentemente, aumentado de maneira elevante à competitividade das empresas.



1.1 Terminologia contábil


Martins (2003, p. 24) aponta que palavras como “gastos”, “custos” e“despesas” podem ter diferentes interpretações e que podem ser confundidas entre si, diante de profissionais tanto para os que iniciam a carreira contábil quanto aos mais experientes. Para isso, Martins (2003) definiu esse grupo de ideias, utilizando nomenclaturas, assim discriminadas a seguir:


▪ Gasto: Compra de um produto ou serviço qualquer, que gera sacrifício financeiro para a entidade(desembolso), sacrifício esse representado por entrega ou promessa de entrega de ativos (normalmente dinheiro).
É um conceito extremamente amplo e que se aplica a todos os bens e serviços adquiridos. Dessa forma, tem-se Gastos com a compra de matérias-primas, Gastos com mão-de-obra, tanto na produção como na distribuição, Gastos com honorários da diretoria, Gastos na compra de um imobilizado...
tracking img