Conserveira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1046 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A CONSERVEIRA Lda. é uma empresa que se dedica à produção de diversos tipos de conservas de peixe, calculando os seus custos de produção em Custeio Total Real Económico, e utiliza o método das secções para o controlo e imputação dos seus custos de transformação.

Considerando, para este caso, apenas a obtenção de dois produtos finais

➢ Conservas do TIPO A – Sardinhas em ÓleoVegetal
➢ Conservas do TIPO B – Sardinhas em Concentrado de Tomate

o processo produtivo desenvolve-se com as seguintes operações e características:

SECÇÕES, ACTIVIDADES E UNIDADES DE OBRA

EXTRACÇÃO – onde são recebidas as sardinhas, procedendo-se a uma primeira lavagem, separando-se os corpos através da extrac-
ção das cabeças e das vísceras.Unidade de Obra – kg. De sardinha trabalhada

Nota 1 – o conjunto das cabeças e vísceras é, imediatamente, vendido a uma fábrica de Farinha de Peixe, a 0,10 €/kg
Nota 2 – as cabeças e as vísceras são consideradas como subproduto, avaliado pelo método do Lucro Nulo, sendo a
correcção efectuadanos custos de transformação desta secção.
Nota 3 – o conjunto das cabeças e vísceras representa, em média, 10 % do total de peixe consumido.

COZEDURA – onde se procede a uma segunda lavagem, e à cozedura dos corpos das sardinhas recebidas
da Extracção
Unidade de Obra – kg. de corpos de sardinha trabalhadosPREPARAÇÃO – onde os corpos das sardinhas, já cozidos, são embalados, e se procede à adição do óleo
vegetal, ou do concentrado de tomate, conforme a produção pretendida.
Unidade de Obra – Número de Latas preparadas.

EMBALAMENTO – onde se procede ao encerramento hermético das latas, e ao seu acondicionamento em
Caixas deCartão com capacidade para 5 dúzias de Latas por caixa, embalagem em que
são vendidas para os distribuidores “grossistas”
Unidade de Obra – Número de Latas produzidas e embaladas
Nota 4 – Alerta-se para a informação complementar em “latas opadas”

OUTRAS SECÇÕES

ENERGIA – engloba o conjunto de equipamentos com osquais se produz a energia necessária à laboração
das outras secções
Unidade de Obra – kw/h produzidos

MANUTENÇÃO – engloba os equipamentos, pessoal e instalações oficinais, necessárias à assistência e
manutenção da operacionalidade das outras secções
Unidade de Obra – número de H/h (horas demão-de-obra directa) aplicadas

ARMAZÉNS – engloba os custos relacionados com o Armazém de Produtos Acabados, já que o armazém
de matérias-primas (sardinhas) é, praticamente, coincidente com a secção de Extracção.
Unidade de Imputação – às secções principais proporcionalmente aos respectivos custos
Directos

COMERCIAL /Administrativa / Financeira – englobam, respectivamente, os serviços comerciais e distribuição, seu pessoal e equipa-
mentos, os serviços administrativos e os serviços financeiros e de contabilidade.

OUTRAS INFORMAÇÕES

Estrutura do Imobilizado Corpóreo, e dos anos de vida útil, por Secções

| Secções|

Seguros
Os prémios de seguro anuais correspondem, em média, a 6 % (seis por cento) do custo de aquisição dos Activos Fixos
Custo total de Mão-de-Obra – CTMO é calculado com um acréscimo de 75 % sobre as remunerações ilíquidas
Latas Opadas
Designam-se desta forma as latas que, não tendo ficado hermèticamente fechadas, ainda contêm ar, pelo que não podem
ser colocadas no...
tracking img