Concurso do magisteio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1151 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1

Psicologia da Educação e Música: Possibilidades
Gilberto André Borges

Assim como em qualquer outra área da educação, na prática da Educação Musical se faz necessária a compreensão dos fenômenos de ordem psicológica relacionados tanto à prática didática (sala de aula), quanto ao objeto de estudo (no caso da Educação Musical, a relação entre a psicologia e os fenômenos musicais). A música, noâmbito da escola regular é, sobretudo, atividade de grupo. A ação do professor se dará no sentido de trabalhar o grupo. Realidade diferente é encontrada na prática conservatorial e também na prática de aulas individuais, muito freqüentes no que tange a linguagem musical. Em tal prática, a orientação se dará no sentido de encontrar soluções diferenciadas para cada aluno, levando em conta seusaspectos individuais. Em ambas situações, questões relacionadas ao aspecto psicológico são enfrentadas quotidianamente pelo professor. Falando da importância da psicologia da educação, Salvador argumenta que a psicologia se dividiu no esforço de se aliar a pedagogia.

“as diferentes concepções da psicologia da educação que coexistem atualmente são uma expressão da importância relativa atribuída por cadauma aos componentes psicológicos no esforço de explicar e de compreender os fenômenos educativos.” [SALVADOR: 1999. p. 39] O autor se refere a discussão sobre as diferentes concepções da psicologia da educação, sendo esta uma disciplina aplicada (aplicação dos conhecimentos desenvolvidos pela psicologia) ou uma disciplina-ponte com objeto próprio de estudo e geradora de conhecimento. A conclusãoapresentada é a que ambas concepções “têm em comum a idéia de que a principal finalidade da psicologia da educação é a de utilizar e aplicar os conhecimentos, os princípios e os métodos da psicologia para análise e os estudos dos fenômenos educativos.” [SALVADOR: 1999. p. 43] Os aspectos relacionados a psicologia da educação encontram aplicação diretamente no que tange a Educação Musical. A teoriade Jean Piaget, por exemplo, nos aponta 4 estágios no processo de desenvolvimento da cognição. No decorrer destes estágios a

2

relação da criança com o conceito de moral muda no sentido desta ser inicialmente heterônoma até a possibilidade da criança desenvolver uma moral autônoma.

“a moral heterônoma é aquela cujas regras são legitimadas com referência a uma instância superior, a umaautoridade; na moral autônoma, pelo contrário, as regras ganham legitimidade sem nenhuma referência a algo que transcenda os indivíduos: são legítimas se nasceram de acordos realizados entre pessoas iguais e livres.” [DE LA TAILLE: 1999] Neste sentido, o professor deverá diferenciar a sua prática, no sentido de que na situação de lecionar para crianças nos primeiros estágios de desenvolvimento, deverá sesituar como modelo a ser imitado, este deverá organizar o grupo. Quando a moral autônoma é alcançada pelos alunos, há a possibilidade de uma auto-organização, estando então o professor de música mais próximo da possibilidade de trabalhar pela sua auto-extinção, como nos fala Schafer (1991), em seu artigo intitulado “Um rinoceronte na sala de aula”: “Não há mais professores. Apenas uma comunidadede aprendizes.”[SCHAFER: 1991. p. 277] Na teoria de Piaget, o desenvolvimento cognitivo é resultado da ação do indivíduo com o objeto. Tal afirmação encontra aplicação direta na compreensão do processo individual de aprendizagem tanto da linguagem musical quanto no desenvolvimento relacionado ao domínio técnico de um instrumento. Nas situações anteriormente apresentadas, tanto no ensino regularcomo no caso de aulas individuais, será a prática musical o elo para a compreensão dos conceitos. Embora a realidade da Educação Musical aponte que nem sempre esta é a postura utilizada, sobretudo nos temidos “cursos de Teoria Musical”... Segundo Beyer (abordando Piaget em discussão sobre a dicotomia fazer/entender música), o desenvolvimento da cognição parte de uma ação do corpo para um tipo de...
tracking img