Conceitos mrp

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1039 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Conceito do MRP:


O MRP, ou planejamento de necessidades de materiais é um sistema lógico de calculo que converte a previsão de demanda em programação da necessidade de seus componentes. A partir do conhecimento de todos os componentes de um determinado produto e os tempos de obtenção de cada um deles, podemos, com base na visão de futuro das necessidades, calcular o quanto e quando sedeve obter de cada item, de forma que não haja falta e nem sobra no suprimento das necessidades da produção.
MRP (Material Requirements Planning) quando se iniciou se referia ao planejamento das necessidades de materiais para manufatura. Hoje em dia o seu conceito está focado na gestão de operações como um sistema corporativo. O papel do MRP é de apoiar as decisões sobre o momento e aquantidade do fluxo de materiais em condições de demanda e serviços. A partir dos anos 80 o conceito do MRP se ampliou do planejamento das necessidades de materiais assumindo um novo conceito Planejamento de Recursos de Manufatura o MR.
Os sistemas de planejamento das necessidades de recursos das empresas sempre estão em um estado de evolução contínua. Seus primeiros sistemas eram simples emuito pouco sofisticado e seu valor da informação que era gerada para as operações era limitada. A necessidade de sistemas MRP mais sofisticados levou a uma mudança do MRP I para o planejamento dos recursos de manufatura o (MRP II), que é um método para o efetivo de planejamento de todos os recursos de uma empresa manufatureira. Tendo a capacidade de uma simulação para responder perguntas importantes.P II.


A principal característica do MRP na área de produção é de melhorar o serviço ao cliente, melhorar a eficiência operacional da fábrica, reduzir os investimentos em estoque. O MRP ajuda a controlar melhor a quantidade e os tempos de entrega das matérias primas. Outras características é a diminuição de falta de materiais, redução de incidência de submontagens, aumento da capacidadeda área de produção e etc. O MRP é um processo sistemático que toma as informações necessárias ao planejamento e de calcular as quantidades e o momento das necessidades que irão satisfazer à demanda.


O sistema MRP II possui a seguinte estrutura dividida nos seguintes grupos Comando, Motor e Rodas:

Comando: É composto pelos níveis mais altos de planejamento (S&OP, Gestão de demanda eMPS/RCCP)

Motor: é o nível mais baixo do planejamento (MRP/CRP), referente ao o que, quanto e quando produzir ou comprar, além das decisões referentes a gestão da capacidade de curto prazo;

Rodas: composta pelos módulos de execução e controle (Compras e SFC), é responsável por apoiar a execução detalhada daquilo que foi determinado pelo bloco anterior, assim como controlar o cumprimento doplanejamento, realimentando todo o seu processo.


Lógica do MRP:


As propostas principais de um sistema MRP são controlar o nível de estoque, planejar as prioridades de operação para os itens e planejar a capacidade de modo a abastecer o sistema de produção.
A base filosófica do MRP é “ter materiais certos, no lugar certo e na hora certa” resultando na diminuição deestoques desnecessários em toda a cadeia produtiva, desde a implantação de pedidos de compra, passando pelo estoque de matéria-prima, produtos em processo e produtos acabados.
Altos estoques imobilizam capitais, atrasam a introdução de mudanças em projetos e impedem o cancelamento ou protelação de pedidos existentes, como afirma Mark M. Davis
(2001).
Segundo Mark M. Davis (2001),indústrias com mais de 10 milhões em vendas anuais, em sua maioria, necessitam de um sistema computadorizado para o controle por causa da velocidade que as empresas devem ter para reagir a constantes mudanças no sistema e do grande volume de materiais, suprimentos e componentes, que são parte de linhas de produtos sempre em expansão.
Os benefícios esperados quando as empresas alteram seus...
tracking img