Conceito de inconsciente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2685 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Alguns comentários sobre o Conceito de Inconsciente na Psicanálise (1912)
Sigmund Freud

Quero expor, em poucas palavras e do modo mais claro possível, que sentido deve ser
atribuído, no campo da psicanálise, e somente nele, ao termo "inconsciente".
Pode ocorrer que uma representação mental — ou qualquer outro elemento psíquico —
esteja neste instante presente na minha consciência, nomomento seguinte dela
desapareça e, após um intervalo, reapareça inalterada na consciência, não devido ao
acréscimo de uma nova percepção sensorial, mas a partir do que designamos como
memória. Para explicar esse fenómeno, vemo-nos obrigados a supor que durante esse
intervalo, embora tenha permanecido latente na consciência, a representação continuou
presente em nossa psique. Contudo, quanto àconfiguração dessa representação no
período em que esteve latente na consciência e simultaneamente presente na vida
psíquica, não temos como fazer nenhuma suposição.
Porém, antes de prosseguirmos com nosso raciocínio, teremos de nos confrontar com
uma objeção oriunda da filosofia: a de que a representação mental latente não existia de
fato como objeto da psicologia, e sim de que se trata apenasde uma disposição física
disponível para desencadear repetidamente a trajetória do mesmo fenómeno psíquico,
ou seja, daquela mesma representação. No entanto, podemos replicar a essa objeção
afirmando que uma teoria dessas estaria se servindo de recursos situados em domínios
fora do campo da psicologia, ela simplesmente contorna o problema, agarrando-se à
ideia de que "consciente" e "psíquico"sejam conceitos idênticos, e diremos que seria
um equívoco negar à psicologia o direito de explicar, com recursos de seu próprio
campo, fatos dos mais corriqueiros em nossa área como, por exemplo, a constatação da
existência da memória.
Feito esse esclarecimento, prossigamos então e designemos como "consciente" apenas a
representação que está sendo percebida e que está presente em nossaconsciência.
Portanto, estaremos atribuindo ao termo "consciente" unicamente esse sentido. Em
contrapartida, todas as representações latentes que tenha-mos motivos para supor que
1

existam na dimensão psíquica — como era o caso da memória — serão denominadas
"inconscientes".
Uma representação inconsciente é, portanto, aquela que não percebemos, mas cuja
existência admitimos, com base emoutros indícios e evidências.
Todavia, se não dispuséssemos de outros dados além daqueles que conhecemos sobre a
memória e sobre as experiências de associação que ocorrem por meio de elos
inconscientes intermediários, poderíamos considerar o presente artigo como um mero
trabalho descritivo ou classificatório e, aliás, assaz desinteressante. Contudo,
evoquemos o conhecido experimento da "sugestãopós-hipnótica", que nos ensina
muito mais sobre nosso tema e nos mostra a necessidade de insistirmos na distinção
entre consciente e inconsciente.
Nesse experimento, tai como Bernheim o realiza, uma pessoa é colocada em estado
hipnótico e posteriormente despertada. Enquanto se encontra em estado hipnótico e sob
a influência do médico, ela recebe a incumbência de realizar certa ação emdeterminado
horário, por exemplo, meia hora mais tarde. Após despertar, tudo parece indicar que ela
voltou à plena consciência e ao estado de espírito normal, sem guardar recordação
alguma do estado hipnótico. Porém, quando chega o horário combinado, impõe-se à
psique o impulso de executar o que antes foi ordenado, e o ato é executado
conscientemente, sem que a pessoa saiba por que o faz. Épraticamente impossível
descrever esse fenómeno de outro modo a não ser dizendo que aquela intenção estava
disponível de forma latente ou inconsciente na psique e que se tornou consciente assim
que o momento determinado chegou. Mas a intenção de executar o ato não aparece na
consciência em sua totalidade, só aparece a representação do ato a ser executado. Todas
as outras ideias associadas a essa...
tracking img