Comte, Durkheim, Weber e Marx

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1114 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de maio de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
1. AUGUSTO COMTE
1.1 A sociologia como física social
O conhecimento é feito de leis provadas com base nos fatos. Portanto, para a sociologia, através do raciocino e da observação, é possível estabelecer as leis dos fenômenos sociais, como a física pode estabelecer as leis que guiam os fenômenos físicos.
1.2 Leis universais
Comte via a sociedade em constante evolução em quesito científico,acreditando que a sociedade sofresse influência da ciência e em um dado momento personifica-la como um ideal.  Lei Universal de evolução das sociedades era compreendida por Comte como fases que a sociedade possui para se evoluir, modificando-se a atualidades e atingidos pelo Positivismo.
1.3 Leis dos 3 estágios
A filosofia comtista da história é "uma filosofia da história do espírito através dasciências". O espírito humano passa sucessivamente por três estados:
a) O estado teológico ou "fictício" explica os fatos por meio de vontades análogas à nossa. A tempestade, por exemplo, será explicada por um capricho do deus dos ventos, Eolo.
b) O estado metafísico substitui os deuses por princípios abstratos como "o horror ao vazio", por longo tempo atribuído à natureza. A tempestade, porexemplo, será explicada pela "virtude dinâmica" do ar.
c) O estado positivo é aquele em que o espírito renuncia a procurar os fins últimos e a responder aos últimos "por quês". A noção de causa é por ele substituída pela noção de lei. Contentar-nos-emos em descrever como os fatos se passam, em descobrir as leis segundo as quais os fenômenos se encadeiam uns nos outros. Tal concepção do saberdesemboca diretamente na técnica: o conhecimento das leis positivas da natureza nos permite, com efeito, quando um fenômeno é dado, prever o fenômeno que se seguirá e, eventualmente agindo sobre o primeiro, transformar o segundo. ("Ciência donde previsão, previsão donde ação").

2. ÉMILE DURKHEIM
2.1 Fatos sociais
“Fato social é toda maneira de fazer, pensar ou sentir, fixada ou não, suscetível deexercer sobre o indivíduo uma coerção exterior: ou então, que é geral no âmbito de uma dada sociedade tendo, ao mesmo tempo, uma existência própria, independentemente de suas manifestações individuais.” Os fatos sociais podem ser definidos por três princípios básicos:
a) Generalidade: é comum a todos ou pode ser visualizado em toda sociedade;
b) Exterioridade: independe das consciênciasindividuais (o indivíduo não consegue modifica-lo por um ato de vontade);
c) Coercitividade: exerce “coerção social”, coagindo os indivíduos a aderirem a ele.
2.2 Solidariedade mecânica e orgânica
Para ele a solidariedade mecânica é característica das sociedades ditas "primitivas" ou "arcaicas", nestas os indivíduos que a integram compartilham das mesmas noções e valores sociais. De modo distinto,existe a solidariedade orgânica que é a do tipo que predomina nas sociedades ditas "modernas" ou "complexas" do ponto de vista da maior diferenciação individual e social. Além de não compartilharem dos mesmos valores e crenças sociais, os interesses individuais são bastante distintos e a consciência de cada indivíduo é mais acentuada.


3. MAX WEBER
3.1 Ação social
Weber distingue quatro tipos deação social que orientam o sujeito:
a) a ação racional com relação a um objetivo leva em conta os fins almejados;
b) a ação racional com relação a um valor busca não um resultado externo ao sujeito mas a fidelidade a uma convicção, por vezes religiosa;
c) a ação afetiva é baseada em sentimentos e emoção;
d) a ação tradicional é motivada pelos costumes, tradições, hábitos, crenças.
3.2 Tipoideal
De acordo com Weber, para que o sociólogo possa analisar uma dada situação social, torna-se necessário criar um "TIPO IDEAL", que será um instrumento que orientará a investigação e a ação do ator, como uma espécie de parâmetro.
3.3 Relações sociais
Relação social é uma ação social cujo sentido é compartilhado pelas pessoas envolvidas na ação. É a conduta de várias pessoas orientada,...
tracking img