Comportamentos e pensamentos orientados por rituais e símbolos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2257 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Comportamentos e pensamentos orientados por rituais e símbolos

José de Jesus Viana Lima

LÉVI-STRAUSS, Claude. 1975 [1949]. “A eficácia simbólica”. In: Antropologia Estrutural. Traduzido do francês. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, p. 215-236.

Claude Lévi-Strauss, no capítulo X do seu livro Antropologia Estrutural, discute a relação entre terapia psicanalítica e a prática xamânica,observando que ambas se utilizam do plano simbólico para realizar curas.
Neste caso, Lévi-Strauss utiliza, para ilustração, um ritual dos Cuna, tribo indígena que habita o território da República do Panamá, em que uma mulher é entregue nas mãos do Xamã para intervenção depois de ter sido submetida a muitas tentativas frustradas de procedimentos convencionais para dar à luz.
Embora Lévi-Strauss tomepor base o senso comum para inferir que as mulheres da América Central e do Sul têm parto mais fácil do que as mulheres das sociedades ocidentais, adverte que tal procedimento sofre a intervenção do Xamã, ocasionalmente, a pedido da parteira, caso esta não tenha obtido êxito nas suas tentativas de realizar o parto.
Basicamente, o ritual consiste em um longo canto, que descreve uma luta místicatravada pelo xamã, com a ajuda de seus aliados espirituais e a utilização de objetos, com o objetivo de resgatar a “alma” da grávida das garras do espírito responsável pela gestação, neste caso, o próprio útero.
Há na canção diversas citações que remetem à realidade factual, como o caminho de Muu, que deve ser interpretado como o canal vaginal; e a morada de Muu, que é o próprio útero, entrediversas outras referencias. O xamã vai então, juntamente com seu exercito espiritual, vencer vários obstáculos no caminho de Muu, resgatando a alma da mulher e propiciando o nascimento do filho.
Essas imagens, esculpidas nas essências prescritas que lhes dão a eficácia, representam os espíritos protetores, que o xamã faz seus assistentes, e dos quais toma a direção para conduzí-los à morada de Muu,potência responsável pela formação do feto. O parto difícil se explica, efetivamente, por que Muu ultrapassou suas atribuições e se apoderou do purba ou alma da futura mãe. Assim, o canto consiste inteiramente numa busca: busca do purba perdido, e que será restituído após inúmeras peripécias, tais como demolição de obstáculos, vitória de animais ferozes e, finalmente, um grande torneio realizadopelo xamã e seus espíritos protetores contra Muu e suas filhas, com a ajuda de chapéus mágicos, cujo peso estas últimas são incapazes de suportar. (LÉVI-STRAUSS, 1975, p. 216).

Para Lévi-Strauss, todo símbolo tem um significado e cabe à antropologia e à sociologia traduzir esses símbolos, objetivo comum à psicanálise, e fazer compreender por que esses símbolos são eficazes. Como alguém, emboradotado de autoridade técnica e simbólica, neste caso o xamã, consegue, por meio de um ritual religioso, alcançar um objetivo de cura fisiológica?
Mauss (2003), observa que cada sociedade tem seus hábitos próprios e que essas maneiras de expressão, por meio de movimentos e gestos, são passadas e desenvolvidas por imitação, concluindo, assim, que pode-se observar e classificar cada sociedade apartir da utilização dos corpos de seus integrantes por eles próprios.
Neste sentido, pode-se buscar uma linha de entendimento por meio da qual Hertz (1980) sugere que o coletivo se impõe ao individual, no debate sobre o que era inato e o que era adquirido pelo homem, em A preeminência da mão direita , artigo cuja ideia central é a de que o homem, por não conseguir suportar o vazio, cria categoriasde classificação.
Na análise de Hertz, revela-se uma relação entre usos dos corpos com os significados culturais desses usos, quando verifica a oposição entre o uso da mão direita e o uso da mão esquerda em uma sociedade não mais como fenômeno de causa orgânica, posto que motivado, prioritariamente, por uma construção social, coletiva.
Nesse sentido, Lévi-Strauss adverte que, ocasionalmente,...
tracking img