Como e porque ler

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 347 (86735 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Harold Bloom

COMO E POR QUE LER

Tradução

José Roberto O’Shea

Revisão

Marta Miranda O’Shea

© 2000 by Harold Bloom

Título original

HOW TO READ AND WHY

Todos os direitos desta edição reservados à
EDITORA OBJETIVA LTDA.
Rua Cosme Velho, 103
Rio de Janeiro - RJ - CEP: 22241-090
Tel: (21) 556-7824 - Fax: (21) 556-3322
www.objetiva.com.br

Capa Anna Feith

RevisãoTereza da Rocha Neuza Peçanha

Editoração Eletrônica Abreu’s System Ltda.

2001

Para Miriam Bratu Hansen
AGRADECIMENTOS

Os meus maiores agradecimentos são para meu editor, Gillian Blake, indivíduo talentoso e dedicado, que me auxiliou na reestruturação deste livro.
Muito devo, também, aos meus agentes literários, Glen Hartley e Lynn Chu.
Mirjana Kalezic, minha pesquisadoraassistente, contribuiu de modo marcante para a elaboração desta obra.
Agradeço, ainda, aos meus assistentes, na Universidade de Yale: Eric Boles, Trevor Eppeheimer, Scott Kershner, Octavio DiLeo, e agradeço, sempre, às bibliotecas e aos bibliotecários da Universidade de Yale.
Harold Bloom Timothy Dwight College Universidade de Yale 15 de outubro de 1999SUMÁRIO

Prefácio 15
Prólogo: Por Que Ler? 17

I. Contos

Introdução 27
Ivan Turgenev 28
“O Prado de Bezhin” 29
“Kasian da Bela Terra” 30
Anton Tchekhov 32
“O Beijo” 33
“O Estudante” 35
“A Dama e o Cachorrinho” 36
Guy de Maupassant 38
“A Pensão Tellier” 39
“OHorla” 40
Ernest Hemingway 41
“Colinas como Elefantes Brancos” 42
“O Senhor EstejaConvosco, Cavalheiros” 43
“As Neves do Kilimanjaro” 44
“Mudança de Ares” 46
Flannery O’Connor 47
“É Difícil Encontrar um Homem Bom” 47
“A Gente Boa da Roça” 48
“Visão da Mata” 49
Vladimir Nabokov 50
“As Irmãs Vane” 50
Jorge Luis Borges 52
“Tlön, Uqbar, Orbis Tertius” 53
Tommaso Landolfi 56
“A Esposa de Gogol” 57
ítalo Calvino 58
As Cidades Invisíveis 58Resumindo 60

II. Poemas
Introdução 65
Housman, Blake, Landor e Tennyson 66
A. E. Housman 66
“Enche-me o coração um ar mortal” 66
William Blake 67
“A rosa enferma” 68
Walter Savage Landor 68
“No seu septuagésimo aniversário” 69
Alfred Lord Tennyson 69
“A águia” 69
“Ulisses” 70
Robert Browning 75
“Childe Roland na Torre Sombria” ..... 75
Walt Whitman 83
A Cançãode Mim Mesmo 84
Dickinson, Brontë, Baladas Folclóricas e “Tom de Bedlam” 89
Emily Dickinson 89
Poema 1.260, “Porque estás partindo” 90
Emily Brontë 92
“Estrofes: Tão reprimida, mas sempre insistindo” 92
Baladas Folclóricas 93
“Sir Patrick Spence” 94
“O túmulo sem paz” 96
Poemas Anônimos 98
“Tom de Bedlam” 98
William Shakespeare 104
Soneto 121: “Melhor ser mesmo vilque ter a fama” 105
Soneto 129: “Gasto do espírito, em perda e vergonha” 107
Soneto 144: “Dois amores, um calmo e um de aflição” 108
John Milton 109
Paraíso Perdido 109
William Wordsworth 114
“Veio um torpor e me selou a mente” 115
“Eu sinto o coração bater mais forte” 117
Samuel Taylor Coleridge 118
A Rima do Velho Marinheiro 118
Shelley e Keats 123
Percy Bysshe Shelley 123
OTriunfo da Vida 123
John Keats 127
“La Belle Dame sans merci” 127
Resumindo 131

III. Romances, Primeira Parte

Introdução 137
Miguel de Cervantes: Dom Quixote 139
Stendhal: A Cartuxa de Parma 144
Jane Austen: Emma 150
Charles Dickens: Grandes Esperanças 156
Fiodor Dostoiévski: Crime e Castigo 159
Henry James: Retrato de uma Senhora 166
Marcel Proust: Em Busca do Tempo Perdido 174Thomas Mann: A Montanha Mágica 180
Resumindo 186

IV. Peças Teatrais

Introdução 191
William Shakespeare: Hamlet 193
Henrik Ibsen: Hedda Gabler 210
Oscar Wilde: A Importância de Ser Prudente 217
Resumindo 225

V. Romances, Segunda Parte

Herman Melville: Moby Dick 227
William Faulkner: Enquanto Agonizo 231
Nathanael West: Miss Corações Solitários 238
Thomas Pynchon: O Leilão do...
tracking img