Como nasceram as estrelas de clarice lispector: estudo da obra e a aplicabilidade em sala de aula

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1141 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA
PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES
CURSO: LETRAS VERNÁCULAS
DISCIPLINA: LITERATURA INFANTO JUVENIL
PROFESSORA: MARIA DAS GRAÇAS FONSECA ANDRADE
ALUNOS:
ALZIRINA MINEIRO
CHRISTIAN PINHEIRO
EDNA AZEVEDO
IVANA FERREIRA LACERDA
JOANA SANTOS DEOLIVEIRA
KÁTIA CILENE BRITO
LÚCIA SAMPAIO
MARIA JOSÉ RODRIGUES
VALDOMIRO FERRAZ LACERDA

COMO NASCERAM AS ESTRELAS DE CLARICE LISPECTOR: estudo da obra e a aplicabilidade em sala de aula

VITÓRIA DA CONQUISTA
2012
ALZIRINA MINEIRO
CHRISTIAN PINHEIRO
EDNA AZEVEDO
IVANA FERREIRA LACERDAJOANA SANTOS DE OLIVEIRA
KÁTIA CILENE BRITO
LÚCIA SAMPAIO
MARIA JOSÉ RODRIGUES
VALDOMIRO FERRAZ LACERDA

COMO NASCERAM AS ESTRELAS DE CLARICE LISPECTOR: estudo da obra e a aplicabilidade em sala de aula

Trabalho apresentado à disciplina Literatura Infanto Juvenil, sob a orientação da professora Maria das Graças Fonseca Andrade, como avaliação parcial da disciplina.VITÓRIA DA CONQUISTA
2012
APRESENTAÇÃO
Este trabalho tem como objetivo apresentar o estudo da obra “Como nasceram as estrelas” de Clarice Lispector, bem como a sua aplicabilidade na sala de aula. Sendo assim, algumas práticas foram organizadas com vistas a favorecer, além da leitura da obra, a promoção de momentos de produção e exposição das produções realizadas nas aulas da disciplina LínguaPortuguesa.

INTRODUÇÃO/JUSTIFICATIVA

O processo de ensino aprendizagem da leitura é sem duvida, muito instigante e desafiador, tanto para o aluno como para o professor. Adquirir a capacidade de ler significa sobretudo a condição de compreender um mundo que vai se mostrando cada vez maior e mais surpreendente.
Formar leitores faz o processo de emancipação de um país, e o ato da leitura e daescrita conduz a um processo de aprender, de conhecer, de apreender novos significados que ajuda aos educandos a viverem com mais plenitude. Um dos primeiros passos nesse sentido é a oferta de uma educação que esteja próxima à realidade de cada educando, que suscite sugestões e ações significativas para a sua vida.
Importante se faz a construção de relações de confiança entre professor e aluno, poissão aspectos que constituem-se num estimulo para que o educando possa perceber-se como cidadão e, como ser social e histórico. O professor precisa reconhecer e valorizar a diversidade cultural dos alunos, superar discriminações, trabalhar a autoestima consciente de que poderá estar revertendo um dos mais fortes mecanismos de exclusão social, a marginalização pela negação do direito ao domínio dacultura escrita, cumprindo assim uma tarefa essencial para a promoção da cidadania.
Segundo Murilo Avellar Hingel, ex-secretário da educação de Minas Gerais, “A leitura pode nos conduzir por tempo, lugares e acontecimentos que não são os nossos. A leitura é necessária para a construção da cidadania, para a formação de homens livres e aptos a participar da grande obra que é a humanidade.” (LIÇOESDE MINAS, 1999).
Acreditamos que o aluno só saberá a importância da leitura, se criar o hábito e sentir o prazer em ler, porque a literatura é a representação de uma cultura. Ou seja, estar em contato com a literatura é aprender um pouco de uma cultura.
Com relação à literatura infanto-juvenil, pais e professores devem explorar a função educacional do texto literário: ficção e poesia por meio daseleção e análise de livros infanto-juvenis; do desenvolvimento do lúdico e do domínio da linguagem; do trabalho com projetos de literatura em sala de aula, utilizando as histórias como caminho para o ensino multidisciplinar.

 

FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

Na obra Como Nasceram as Estrelas Clarice reescreve uma série de lendas onde aparecem inúmeros personagens do folclore brasileiro como...
tracking img