Como extrair e observar o dna?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1289 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCOLA SECUNDÁRIA HENRIQUE MEDINA
BIOLOGIA/GEOLOGIA - TURMA _B_ do 12.º ANO DE ESCOLARIDADE
2012-2013

TÍTULO: COMO EXTRAIR E OBSERVAR O DNA? |
DATA: 25/02/2013 | ALUNOS: Ema Veloso Nº11 Marta Costa Nº23 | CLASSIFICAÇÃO: |

* Introdução:
O objectivo deste trabalho foi observar identificar e estudar algumas características da molécula de ADN responsável pelatransmissão hereditária das características dos seres vivos.
Toda a informação necessária para criar um organismosencontra-se no DNA. Esta molécula é usada durante o período de vida de um organismo para fornecer intruções para milhões de processos celulares que ocorrem constantemente. Para estudar o modo como essas informações são comunicadas à célula os cientistas isolaram o DNA.
Para isolar o DNA énecessário separá-lo dos outros componentes celulares: as membranas celulares e os invólucros nucleares são fragmentados e o DNA é separado das membranas das células e dos organitos.
Utilizando procedimentos e instrumentos muito simples é possível extrair o DNA e visualizá-lo sob a forma de filamentos brancos.
O ADN é o suporte físico da informação necessária para o desenvolvimento de um ser vivo(informação genética).
O ácido desoxirribonucleico (ADN) e o ácido ribonucleico (RNA) são considerados ácidos nucleicos.
A unidade básica do ADN tem o nome de nucleótido e tem por constituintes uma base azotada, uma pentose e um ácido fosfórico.
As várias bases azotadas têm o nome de Guanina, Adenina, Uracilo, Citosina e Timina.
O ADN contém todas menos o Uracilo, enquanto que o RNA só nãocontém a Timina.
Os dois primeiros tipos possuem um anel duplo (púricas) e as restantes um anel simples (pirimídicas).
O nome da pentose do ADN é de desoxirribose, enquanto que a do RNA chama-se ribose. E, ao contrário do ADN, em que existe uma cadeia dupla, no caso do ARN existe uma cadeia simples.
A estrutura do ADN é em hélice dupla e cada uma das cadeias é antiparalela em relação à outra. Asligações entre os nucleótidos da mesma cadeia, através de um grupo fosfato têm o nome de ligações fosfodiéster.
Cada pentose possui cinco carbonos e todos têm uma numeração específica. O primeiro está ligado a uma base azotada, o terceiro está ligado a outro nucleótido através do grupo fosfato desse outro e o quinto carbono está ligado ao seu grupo fosfato.
A multiplicação do ADN é feita através deum processo realizado principalmente por enzimas que quebram as ligações entre as duas cadeias, originando o RNA. A replicação do ADN cumpre a hipótese semiconservativa, ou seja cada uma das cadeias serve de molde para as novas cadeias. Assim, as novas moléculas de ADN são formadas por uma cadeia nova e outra cadeia antiga.
Relativamente ao modo como se multiplica o ADN existem três hipóteses:* A hipótese conservativa em que a molécula progenitora do ADN se mantém íntegra, servindo apenas de molde para a formação da molécula-filha, a qual seria formada por duas novas cadeias de nucleótidos.
* A hipótese dispersiva admite que cada molécula-filha é formada por porções da molécula inicial e por regiões sintetizadas de novo, a partir de nucleótidos presentes na célula.
* Ahipótese semiconservativa (hipótese mais aceite) defende a ideia de que cada cadeia da molécula-mãe forma uma nova molécula de ADN com uma cadeia totalmente nova, logo permite esclarecer o método através do qual se conserva a informação genética na replicação do ADN.

* Procedimento Experimental:
* Material:
* Banana;
* Álcool etílico a 95%;
* Detergente de lavar a louça;
*Funil;
* Água;
* Sal;
* Palitos;
* Fucsina;
* Liquidificação/ Almofariz;
* Bisturi;
* Papel de Filtro;

* Protocolo:
* Descasque duas bananas, corte-as em fragmentos e coloque-as no liquidificador/almofariz.
* Coloque 200 ml de água morna num gobelé, adicione-lhe uma colher de chá de sal e misture.
* Coloque esta solução no almofariz e misture tudo...
tracking img