Coleta de material em banco de sangue

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2701 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO
Banco de sangue é uma instituição que presta serviços de hemoterapia e imunohematologia, a nível privado e público, onde são realizadas coleta de sangue total ou hemocomponentes ( aférese) , exames pré – transfusionais, preparo e fornecimento de hemocomponentes para transfusão em pacientes, quando solicitado por instituição de saúde.
Podem ser realizadas coletas de sangue totalpor punção venosa periférica, hemocomponentes por aférese, auto doação de pré- depósito, coleta de células progenitoras diretamente da medula óssea, entre outros.
Até hoje ainda não se descobriu um substituto para o sangue humano, que é utilizado nos mais diversos casos, desde acidentes de trânsito a pacientes cardíacos e qualquer pessoa que se submeta a uma cirurgia com riscos de sangramento.2. OBJETIVO
Este trabalho tem o objetivo de descrever os principais procedimentos de coleta, os requisitos necessários para o doador ser considerado apto a doar, o processo de acolhimento, entrevista, voto de exclusão, e orientações necessárias ao doador após a doação; e através da informação minimizar o preconceito que muitas pessoas ainda tem em relação á doação de sangue, por medo de adquirirdoenças infecciosas ou algum outro problema de saúde relacionado com a doação de sangue.

3. A DOAÇÃO
A doação de sangue deve ser voluntária, anônima, autruísta e não remunerada, direta ou indiretamente preservando- se o sigilo das informações prestadas.
O candidato a doação informa seus dados ( nome, endereço completo, data de nascimento, nome dos pais e apresenta um documento deidentidade, telefone para contato e e-mail ), recebe um código que acompanha durante todo processo de doaçao.
A atendente confere com o doador se os dados estão corretos, inclusive cep , para que o cartão de doador chegue em sua casa.
O serviço de hemoterapiadeve possuir mecanismo para identificação do candidato bloqueado em doações anteriores e este candidato deverá ser encaminhado para devida orientação médica, quando for o caso.
O candidato à doação de sangue deve ser informado sobre as condições básicas e desconfortos associados à doação, devendo ser avisado sobre a realização de testes laboratoriais de triagem para doenças infecciosastransmitidas pelo sangue e sobre fatores que podem aumentar os riscos aos receptores, bem como sobre a importância de suas respostas na triagem clínica.
A cada doação, o candidato deve ser avaliado quanto aos seus antecedentes e ao seu estado de saúde atual, por meio de entrevista individual, realizada por profissional de saúde de nível superior, sob supervisão médica, em sala que garanta a privacidadee o sigilo das informações, para determinar se a coleta pode ser realizada sem causar-lhe prejuízo e para que a transfusão dos hemocomponentes obtidos a partir desta doação não venha a causar problemas aos receptores.
3.1 HEMATÓCRITO E SINAIS VITAIS
Este exame é feito para verificar se o candidato á doação possui níveis de hemoglobina dentro do aceitável.
Estando abaixo ou acima dos valoresnormais, o candidato é orientado a procurar o serviço de saúde. Pessoas com anemia não pode doar.
São verificados a pressão arterial, pulso, temperatura e peso do candidato.

3.2 TRIAGEM CLÍNICA
O candidato responde a uma entrevista confidencial, com o objetivo de avaliar se a doação pode trazer riscos para ele e para o receptor. É fundamental responder corretamente às perguntas.
A ficha detriagem clínica deve ser padronizada, contemplar os requisitos de seleção, a data da entrevista e a identificação do candidato à doação e do profissional que realizou a triagem clínica.
Na entrevista de triagem são avaliados os seguintes requisitos para doação de sangue:
Estar em boas condições de saúde.
Ter entre 18 e 65 anos.
Pesar no mínimo 50 Kg.
Estar descansado e alimentado (evitar...
tracking img