Codigo de etica nas dec de 40 e 90

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2253 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Salvador – UNIFACS Núcleo de Pesquisas e Projetos de Educação a Distância – NUPPEAD Curso de Serviço Social Disciplina: Antropologia Profª Drª Karen Sasaki

ATIVIDADE ORIENTADA 1

1 OBJETO

Orientações didáticas para realização da atividade orientada da disciplina Sociologia que terá por tema central a integração entre 3 conceitos explicitados na figura:

AntropologiaCultura

Identidade

2 FINALIDADE

Objetivo Geral • Desenvolver a capacidade de atuação crítica e reflexiva sob a realidade a partir dos conteúdos estudados na disciplina Antropologia.

Objetivos Específicos • • Dinamizar o conhecimento dos conteúdos teóricos da disciplina aplicando aplicando-os à realidade. Favorecer o desenvolvimento da capacidade para transferir conhecimentos da vidacapacidade e da experiência cotidianas para o ambiente de trabalho e do seu campo de atuação profissional. Sensibilizar os alunos para a reflexão dos conceitos de cultura e identidade identidade.



3 JUSTIFICATIVA Identidade “Identidade é aqui entendida como a própria fonte de significado e experiência de um agrupamento humano; é, portanto, por meio das identidades (nome, gênero, raça e classesocial) que ocorre a própria construção de si mesmo e individuação do ator social”.
Taynar de Cássia Santos Pereira, 2010. Autora do módulo “Antropologia”. utora

Antropologia Profa. Karen Sasaki

4 METODOLOGIA

4.1 Orientações Gerais 1. Estudar o material disponível no AVA durante as aulas 1 a 4. 2. Ler cuidadosamente:
“Os antropólogos estão totalmente convencidos que as diferençasgenéticas não são determinantes das diferenças culturais”. Laraia, 1999.
LARAIA, Roque de Barros. Cultura: um conceito antropológico. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999.

BARACK OBAMA É NEGRO OU MESTIÇO?
Publicada em 07/11/2008 às 18h17m

Artigo do leitor Pedro de Almeida Vasconcelos
Nos Estados Unidos vigora lei do "one drop rule", ou seja, se o indivíduo tiver uma gota (comprovada) de sangue negro,é negro. Não tem meio-termo. Dentro da (ir)racionalidade norte-americana, a definição racial é vista como um contágio. O mais interessante é que essa imposição racista foi aceita e assimilada pela minoria "negra" norte-americana. Por outro lado, há uma elite mestiça nos Estados Unidos, desde antes da abolição da escravidão, inclusive alguns possuíam escravos, sobretudo na região da Luisiana,conforme o livro "La Bourgeoisie Noire", publicado primeiro na França devido à crise que o mesmo causou na "comunidade" negra. Adicione-se a imigração de caribenhos e seus descendentes, sobretudo mestiços, formados nas escolas de padrões britânicos, que vieram reforçar as elites mestiças: Sidney Poitier, Harry Belafonte, o Prêmio Nobel de Economia Arthur Lewis, Colin Powell e Condoleezza Rice. Asegunda geração de caribenhos já tinha uma renda média mais elevada que a dos brancos em geral. O caso brasileiro, como nós sabemos, é diferente, pois temos um contínuo de cor que vai do negro retinto ao "agalegado". Nossa formação histórica foi diferente na medida em que não tivemos o transplante em massa de famílias da Europa, como no caso norte-americano, mas, sobretudo de portugueses que vieramadministrar ou tentar uma nova vida aqui no Brasil, e que realizaram uniões, forçadas ou não, com índias, negras e mestiças. Essas mestiçagens foram fundamentais, sobretudo no Nordeste, que não contou com a posterior imigração de famílias européias ou orientais. Para os americanos, portanto, Obama é negro, não tem o que discutir. Mas nós temos que repetir o ponto de vista dos americanos? Não temosoutros olhares e uma visão "brasileira" das temáticas mundiais? A nossa imprensa tem que repetir e traduzir automaticamente o que vem de fora? Adicione-se o agravante do movimento negro brasileiro tentar adotar o mesmo princípio norte-americano da dualidade negro-branca (eliminando, inclusive a origem indígena). Obama é filho de um estudante queniano e de uma americana branca, professora de...
tracking img