Classes gramaticais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3783 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Português

CLASSES GRAMATICAIS




INTRODUÇÃO

Este trabalho apresentará conteúdos da língua portuguesa. O que são classes gramaticais? Para que servem? Quais são suas funções na língua portuguesa? Estas e outras perguntas serão respondidasao longo do trabalho. A classe gramatical das palavras está dentro da morfologia, a classificação da palavra segundo a sua distribuição sintática e morfológica, mas quais são suas funções e formas dentro de contextos?

SUBSTANTIVO
Palavra que serve para designar os seres, atos ou conceitos; nome.
Para transformar uma palavra de outra classe gramatical em um substantivo, basta precedê-lo deum artigo, pronome ou numeral. Exemplo: "O não é uma palavra dura". Artigos sempre precedem palavras substantivadas, mas substantivos (que são substantivos em sua essência) não precisam necessariamente ser precedidos por artigos.

CLASSIFICAÇÃO
O substantivo pode ser classificado em:
Primitivo, derivado, simples e composto:
— Primitivo: palavras que não derivam de outras. Ex.: flor, pedra,jardim, leite, goiaba, ferro, cobre, uva, maçã, metal...
— Derivado: vem de outra palavra existente na língua. O substantivo que dá origem ao derivado (substantivo primitivo) denominado radical. Ex.: pedreiro(pedra), jornalista(jornal), gatarrão(gato), homúnculo(homem).
Quanto ao número de radicais, pode ser classificado em:
— Simples: tem apenas um radical. Ex.: água, couve, sol ...
— Composto:tem dois ou mais radicais. Ex.: água-de-cheiro, couve-flor, girassol, lança-perfume, pé-de-moleque, cachorro-quente, guarda-chuva...entre outros.

QUANTO AO TIPO
Quando se referir à especificação dos seres, pode ser classificado em:
— Próprios
— Comuns: Subdividem-se em: Concretos, abstratos e coletivos.

QUANTO AO GÊNERO
Os substantivos flexionam-se nos gêneros masculino e feminino equanto às formas, podem ser:
Biformes
Heterônimos
Uniformes podendo ser classificados em:
— Epicenos
— Comuns de dois gêneros
— Sobrecomuns

QUANTO AO NÚMERO
Os substantivos apresentam singular e plural.
Nos substantivos simples, para formar o plural, acrescenta-se à terminação em n, vogal ou ditongo o s. Ex: elétron/ elétrons, povo/ povos, caixa/ caixas, cárie/ cáries; a terminação emão, por ões, ães, ou ãos; as terminações em s, r, e z, por es; terminações em x são invariáveis; terminações em al, el, ol, ul, trocam o l por is, com as seguintes exceções: "mal" (males), "cônsul" (cônsules), "mol" (mols), "gol" (gols); terminação em il, é trocado o l por is (quando oxítono) ou o il por eis quando (Paroxítona|paroxítono) Os substantivos compostos São aqueles que tem dois radicais— se os elementos são ligados por preposição, só o primeiro varia (mulas-sem-cabeça); também varia apenas o primeiro elemento caso o segundo termo indique finalidade ou semelhança deste (navios-escola, canetas-tinteiro);
— se os elementos são formados por palavras repetidas ou por onomatopeia, só o segundo elemento varia (tico-ticos, pingue-pongues);
— nos demais casos, somente os elementosoriginariamente substantivos, adjetivos e numerais variam (couves-flores, guardas-noturnos, amores-perfeitos, bem-amados, ex-alunos).
Resumindo flexiona-se apenas o primeiro elemento:
* quando as duas palavras são ligadas por preposições;
* quando o segundo nome limita o primeiro, expressando uma idéia de fim ( canetas-tinteiro, sofás-cama).
Flexiona-se apenas o segundo elemento:
* quantohá adjetivos + adjetivos (econômico-financeiros, luso-brasileiros);
* quando a primeira palavra é invariável (guarda-roupas);
* quando há verbo + substantivo (arranha-céus);
* quando são palavras repetidas (quero-queros);
* quando se trata de nome de oracões (pai-nossos);
* quando se trata de palavras anomatopaicas, que imitam sons(toc-tocs).
Flexionam-se os dois...
tracking img