Classes farmacologicas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1245 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Classes
Farmacológicas
Escola técnica de enfermagem Camaçari
Alunas: Elizabete Neta e Rayana Ramos
Turma: L
Prof.ª: Daline

Principais classes farmacológicas

Definições

Ações e indicações.

Principais classes farmacológicas
* Betabloqueadores
* Bloqueadores dos canais de cálcio
* Inibidores de ECA
* Antagonista dos receptores de AT-1
* Estatinas
* Fibratos* Antiarrítmicos
* Oxigênio
* Laxantes
* Ansiolíticos (Benzodiazepínicos)
* Hipnoanalgésicos 
* Vasodilatadores Coronarianos (Nitratos) 
* Antiagregantes Plaquetários
*   Anticoagulantes

Betabloqueadores: definição
Med. Denominação de um grupo de medicamentos que atua bloqueando os receptores do tipo beta: no coração ocorre diminuição do débito cardíaco e dafrequência de batimentos, e nos pulmões, o principal efeito é o bronco constrição.
Ações e indicações: constituem uma numerosa família de sais com uso no tratamento angina pecturis. O mecanismo pelo qual os betabloqueadores exercem sua ação ainda é desconhecida, porém admite-se que o mesmo promove a diminuição da liberação da norepinefrina na terminação nervosa, Modula a regulação da pressãoarterial pelo sistema nervoso central, reduz a liberação da renina, reduz o débito cardíaco e promove uma readaptação dos barorreceptores.

Bloqueadores dos canais de cálcio: são um grupo de fármacos utilizado no tratamento de algumas doenças cardíacas.
Ações e indicações: Como o nome indica, bloqueiam os canais de entrada do cálcio das membranas das células, particularmente as excitáveis comoos miócitos. Cada canal tem vários receptores diferentes, e cada classe de fármacos aparentemente atua num deles. O bloqueio de grande percentagem dos canais existentes numa célula leva à diminuição da sua excitabilidade e contractibilidade, porque é o influxo de cálcio que ativa a interação da actina e miosina (proteinas cantrácteis do músculo) para que a contração muscular se dê. O período derelaxamento é prolongado, o que leva à diminuição da frequência cardíaca e diminuição velocidade da condução do estímulo eléctrico fisiológico pelo nodo AV e secundáriamente por todo o miocárdio. O músculo liso é afetado da mesma forma. O músculo esquelético (estriado) não é tão afetado pois a sua contração é independente do cálcio extracelular -ele é dependente do cálcio armazenado dentro da célula emvesiculas de REL.[1]
-------------------------------------------------
Indicações: Angina pectoris: reduzem o consumo de oxigénio pelo miocárdio e provocam dilatação das coronárias. Arritmias cardíacas, principalmente as extras sístoles supraventriculares e a taquicardia supraventricular. Hipertensão arterialUso menor de alguns fármacos do grupo na asma (são fracos bronco dilatadores).Mentol (óleo extraído de plantas)
-------------------------------------------------

-------------------------------------------------
Inibidores de ECA: usar na fase aguda do IAM, iniciar nos primeiros dias e manter por pelo menos 4 semanas mecanismo inibe o remodelamento ventricular, isto é, a expansão do infarto
Antagonista dos receptores de AT-1: é uma proteína componente da membrana celular. Faz partedo grupo de receptores acoplados a proteína G. Quando se liga quimicamente à angiotensina II provoca uma série de reações celulares, sendo uma das mais importantes a vasoconstrição.
* Ações e indicações: Vasoconstrição.
* Crescimento celular.
* Aumento da proliferação celular.
* Formação de matriz extracelular.
* Ativação do Sistema nervoso simpático.
* Diminuiçãodo Barorreflexo.
* Aumento da concentração de aldosterona no sangue
* Diminuição da concentração de renina no sangue.Aumento da formação de radicais livres derivados do oxigênio.

Estatinas: são fármacos usados no tratamento da hipercolesterolemia e na prevenção da aterosclerose.
* Ações e indicações: Descida no nível do colesterol sanguíneo, principalmente dos LDL ("mau colesterol")....
tracking img