Filosofia2013

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1064 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO DE PROMOÇÃO SOCIAL DE BUSTOS

FILOSOFIA 11º ANO TEXTO DE APOIO O BOM E MAU USO DA RETÓRICA.

Fala-se de bom uso da retórica, ou de RETÓRICA BRANCA, quando se permite que os elementos do auditório ajuízem e se expressem de modo congruente e crítico. A este respeito fala-se de uso ético da retórica ou de persuasão. Relativamente ao mau uso da retórica ou RETÓRICA NEGRA, este aplica-sequando a argumentação degenera numa forma de ludibriar o auditório, em função de abuso da retórica ou de manipulação. Persuadir não é a mesma coisa que manipular. A grande diferença reside na intenção do orador. No caso da persuasão, o objectivo é apenas provocar a adesão, apelando a factores racionais e emocionais. O poder da persuasão é tão antigo como a humanidade. O sucesso da persuasão vaialém da força dos seus argumentos, diz respeito também à personalidade credível e responsável do orador. O modo como os outros o encaram enquanto profissional e pessoa, o timing certo e adequado são fatores decisivos. Por exemplo, a altura em que se pede um aumento de salário é tão ou mais importante do que o modo como se faz. O vestuário, a voz, a simpatia, a energia e o entusiasmo são tambémimprescindíveis e determinantes. No caso da manipulação, existe uma intenção deliberada de desvalorizar os fatores racionais, apelando a uma adesão estritamente emocional. No próprio discurso é utilizado um arsenal de argumentos como técnica de convencimento, ainda que possam ser na sua maioria ilusórios. Assim, a manipulação é encarada como um discurso baseado em falácias, onde é patente a intençãode confundir o auditório. Nas técnicas de manipulação atuais, os oradores criam parte de uma vasta encenação, onde recorrem a uma enorme variedade de armas para seduzir, encantar e manipular. As formas de manipulação mais conhecidas são as realizadas pelos regimes ditatoriais. Podemos, neste caso, identificar facilmente quem as faz, com que objetivos e os meios que utiliza. Trata-se de um manipulação com rosto, que coloca desde logo os cidadãos de sobreaviso em relação àqueles que as planeiam e executam. A censura, a propaganda e a violência repressiva sobre os "desviantes" são os seus meios privilegiados. Em Portugal, através da censura, a informação era manipulada não apenas tendo em vista omitir factos relevantes, mas também deformar o conteúdo da informação veiculada de modo a que amesma se ajuste às ideias dos censores. A censura foi um dos instrumentos mais utilizados pela ditadura do Estado Novo (1926-1974) para a manipulação da opinião pública: a informação que era autorizada era previamente mutilada. A restante era simplesmente proibida. Outra das formas de manipulação que assombrou o mundo ocorreu na Alemanha. O ditador Adolf Hitler foi o primeiro a integrar aretórica em gigantescos espetáculos de propaganda, produzindo um poderoso efeito hipnótico sobre os auditórios. Segundo Hitler “Quanto maior é a mentira, maior é a hipótese de ela ser acreditada”. Os discursos de Hitler eram cuidadosamente ensaiados. Modelações no tom de voz, gestos dramáticos, olhares acutilantes e expressões faciais acentuavam os momentos mais importantes nos seus discursos. Osdiscursos abordavam de forma muito emocional quase sempre os mesmos temas: o ódio aos judeus, o desemprego e o orgulho ferido da Alemanha. Os locais eram decorados de forma a acentuar a sua presença. As paradas militares, bandeiras e símbolos conferiam à sua figura e palavras uma dimensão sobrenatural.

Também a publicidade. Sempre que ligamos a televisão é inevitável o confronto com um anúncio sobreuma qualquer marca. Todo o conjunto de cores, linguagem e até mesmo a música chamam a nossa atenção. O marketing e a publicidade são peritos na construção de discursos que nos envolvem e fascinam exercendo uma pressão à qual é difícil não ceder - é o discurso da sedução.

Exemplos de Manipulação 1) Nos meses que precederam a ocupação do Iraque, em 19 de Março de 2003, assistiu-se a uma...
tracking img