City tour sp

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2534 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Relatório

City Tour Centro Velho São Paulo.

No dia 25/09/2012, ás 13h00min horas, nos encontramos em frete a escadaria da Igreja da Sé e iniciamos uma City Tour pelo Centro Velho de São Paulo. A princípio foram 34 alunos do 1° semestre, 18 alunos do 5° semestre, porém não nos fornecido o numero exato de alunos participantes. Para nos auxiliar além da guia Cristiana Rocha e da professora dahistória da Arte Maria Ângela Raus e do Professor André Braun nos acompanhando foi fornecido um áudio tour onde era narrando todo o percurso.
A city tour teve como objetivo expandir e enriquecer nosso conhecimento cultural, além de nos proporcionar uma vivencia fora da sala de aula.
O metrô rápido e eficiente foi usado pela maioria para chegar ao ponto de encontro. O nosso trajeto foi a pé ecaminhamos por ruas bem sinalizadas e as calçadas em bom estado de conservação, apesar do fluxo intenso de pessoas que dificultou a nossa caminhada. Os alunos que nos recepcionou e acompanhou estavam atentos e bem posicionados garantindo segurança e dispersão.
Às 18 horas terminamos o tour cultural.

No Centro Velho visitamos os seguintes pontos:
1. Igreja da Sé: Estilo neogótico começou aser construída em 1912 e só foi concluída e inaugurada em 1954, no quarto centenário da cidade. Seus amplos espaços são iluminados por vitrais representando cenas da Bíblia, e o órgão italiano de 12 mil tubos é uma de suas atrações. A igreja abriga os mausoléus do padre Feijó, regente do Império, e do cacique Tibiriçá, chefe indígena catequizado pelos jesuítas. Visitas monitoradas podem ser feitascom profissional capacitado. Pré-agendamento. Não é aberto ao publico.
Avaliação: A desigualdade social é visível e contrasta com a beleza da igreja e em suas escadarias estão o retrato do que é um centro urbano com a dimensão de São Paulo. Alguns moradores de rua dormem nos bancos da igreja contrastando com os turistas que chegam com outro olhar.

2. Lateral da Igreja da Sé: Sua cúpula éinspirada por estruturas renascentistas como o célebre domo da Catedral de Florença e suas colunas laterais reforçam seu estilo neogótico.
Avaliação: A lateral da igreja já é visível na saída do metrô, e sua imponência não a deixa passar despercebido. Sua arquitetura é como um chamado para conhecermos melhor sua riqueza de detalhes.
3. Marco zero: É o ponto zero da cidade, por onde circulamdiariamente milhares de pessoas rumo às principais ruas do centro. O monumento tem forma de hexágono e trás símbolos representativos dos estados do Brasil, a partir dali são contadas as distâncias para qualquer localidade de São Paulo e a numeração das ruas.
Avaliação: Achei interessantes os símbolos representativos dos estados, é como se tivéssemos fazendo um tour em volta do monumento marco zero esaímos dali com informações interessantes sobre do Brasil.
4. Praça da Sé: A praça foi desenvolvida no período colonial junto com uma série de edifícios que ficavam ao seu redor. No início do século XX, porém, com a demolição de vários dos edifícios originais a praça sofreu modificações e assim permaneceu até a segunda metade do século. E na praça onde se localiza a estação Sé do Metrô e nos arredorespassa toda linha de ônibus que atende a cidade. A praça é um local de diversidade de pessoas, culturas e situações integrando-se entre elas a estatua do Apostolo São Paulo que é o padroeiro Da cidade.
Avaliação: A visão geral da Praça é caótica, uma multidão de pessoas em sua maioria com expressões de desesperança e cansaço. E possível ver de pastor evangélico, vendedores ambulantes, artistasde rua,mendigos e turistas que fotografam o local. As pessoas circulam apressadas sem noção da riqueza cultural em sua volta.
5. Estatua Padre Jose de Anchieta: São quatro faces do pedestal: a catequese, a primeira missa, dia da Conversão de São Paulo; a defesa da vila pelo cacique Tibiriçá. Na base da coluna, figuras de bronze em alto-relevo representam os indígenas em trabalho braçal. Pouco...
tracking img