Cirurgia Bariatrica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (494 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de maio de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Para dar andamento ao processo, o paciente deve ser acompanhado por, pelo menos, cinco especialistas - um cirurgião, um endocrinologista, um cardiologista, um psiquiatra ou psicólogo e umnutricionista ou nutrólogo. Cada um desses profissionais dará uma carta liberando a cirurgia. Se liberado o procedimento, o paciente deve então começar a fazer uma série de exames. São, pelo menos, 8 exames(todos cobertos pelo SUS) para que possam ser descartadas todas as possibilidades de contraindicações ou riscos antes da cirurgia.
Ainda na preparação, a dieta também é importante - a orientação é que apessoa perca cerca de 10% do peso antes de operar. Além disso, mudar a alimentação já funciona também como um teste para avaliar se o paciente terá força de vontade para continuar a ter hábitossaudáveis depois de operado.

As técnicas utilizadas nos adolescentes são as mesmas dos adultos. No Brasil, 75% das cirurgias bariátricas realizadas são do tipo By-pass gástrico (gastroplastia com desviointestinal em “Y de Roux”). “Trata-se de um procedimento misto, onde é feito o grampeamento de parte do estômago – reduzindo o espaço para o alimento – e um desvio do intestino inicial, o que aumentaa produção de hormônios que dão saciedade”, descreve Cohen. Outras técnicas autorizadas no Brasil são a gastrectomia vertical, assim como as derivações biliopancreáticas e a banda gástrica. Já o balãointragástrico não é considerado procedimento cirúrgico. “Todas as técnicas podem ser feitas por vide laparoscopia, que é menos invasiva e mais confortável”, completa. Nesse método, são feitasmíni-incisões no abdome e utiliza-se também uma micro câmera. Com os exames em mãos, são recomendados para a cirurgia bariátrica pacientes com IMC acima de 35 que apresentem pelo menos uma doença associada(obesidade moderada) ou aqueles com IMC acima de 40, independentemente da presença de outras doenças (obesidade severa). Esses critérios são os mesmos dos adultos e enfrentam críticas das entidades...