Cipa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1366 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Cláudio Mariano da Mota
Rua Tapiramuta, 25 Vila Nova Bonsucesso Guarulhos – São Paulo
Tel/Fax.: (11) 6436-0811 E-MAIL – olmotaasstecseg@ig.com.br /claudiodamaris@ig.com.br/Cel:(011)9996-1196













1




O Mapa de Riscos consiste na representação gráfica dos riscos à saúde identificados em cada um
dos diversos locais de trabalho de umaempresa.










2


O s riscos que podem ser encontrados nos ambientes de trabalho são agrupados em cinco tipos:
Cada um desses tipos de risco ambiental pode provocar danos à saúde ocupacional
dos funcionários da empresa.


3



São considerados riscos físicos, capazes de provocar danos à saúde:


← RUÍDO;
← VIBRAÇÕES;
← TEMPERATURASEXTREMAS;
← RADIAÇÕES NÃO-IONIZANTES;
← RADIAÇÕES IONIZANTES;
← UMIDADE;
← PRESSÕES ANORMAIS.


• RUÍDOS - provocam cansaço, irritação, dores de cabeça, diminuição da audição(surdez temporária, surdes definitiva e trauma acústico), aumento da pressão arterial, problemas no aparelho digestivo, taquicardia, perigo de infarto.
• VIBRAÇÕES - Cansaço, irritação, dores nosmembros, dores na coluna, doenças do movimento, artrite, problemas digestivos, lesões dos tecidos moles, lesões circulatórias.
• CALOR OU FRIO, EXTREMOS - taquicardia, aumento da pulsação, cansaço, irritação, fadiga térmica, choque térmico, perturbação das funções digestivas, hipertensão.
• RADIAÇÕES NÃO-IONIZANTES - queimaduras, lesões na pele, nos olhos e em outros órgãos.
• RADIAÇÕES IONIZANTES- alterações celulares, câncer, fadiga, problemas visuais, acidentes do trabalho.
• UMIDADE - doenças do aparelho respiratório, da pele e circulatórias, e traumatismos por quedas.
• PRESSÕES ANORMAIS - embolia traumática pelo ar, embriaguez das profundidades, intoxicação e gás carbônico, doença descompressiva.



5



Os principais tipos de riscos químicos que atuamsobre o organismo humano, causando problemas de saúde, são:



← GASES, VAPORES E NÉVOAS;
← AERODISPERSÓIDES (POEIRAS E FUMOS METÁLICOS).







6



Os GASES, VAPORES E NÉVOAS podem provocar efeitos irritantes, asfixiantes ou anestésicos:



• EFEITOS IRRITANTES – são causados, por exemplo, por ácido fórmico, clorídrico, ácido sulfúrico, amônia, sodacáustica e cloro, que provocam irritação das vias aéreas superiores.

• EFEITOS ASFIXIANTES – gases como hidrogênio, hélio metano, acetileno, dióxido de carbono, monóxido de carbono e outros causam dor de cabeça, náuseas, sonolência, convulsões, coma e até morte.

• EFEITOS ANESTÉSICOS – a maioria dos solventes orgânicos, assim como o butano, propano, xileno, álcoois e tolueno tem açãodepressiva sobre o sistema nervoso central, provocando danos aos diversos órgãos.

O benzeno, especialmente, é responsável por danos ao sistema formador do sangue.





Os AERODISPERSÓIDES, que ficam em suspensão no ar em ambientes de trabalho, podem ser POEIRAS MINERAIS, VEGETAIS, ALCALINAS E INCÔMODAS E FUMOS METÁLICOS.

• POEIRAS MINERAIS – provêm de diversos minerais, como sílica, asbesto,carvão mineral, e provocam silicose (quartzo), asbestose (asbesto), pneumoconioses (minerais em geral).
• POEIRAS VEGETAIS – são produzidas pelo tratamento industrial, por exemplo, de bagaço de cana-de-açúcar e de algodão, que causam bagaçose e bissinose, respectivamente.
• POEIRAS ALCALINAS – provêm, em especial, do calcário, causando doenças pulmonares obstrutivas crônicas como enfisemapulmonar.
• POEIRAS INCÔMODAS – podem interagir com outros agentes agressivos presentes no ambiente de trabalho, tornando-os mais nocivos à saúde.
• FUMOS METÁLICOS – provenientes do uso industrial de metais, como chumbo, manganês, ferro etc.;
causam doença pulmonar obstrutiva crônica, febre de fumos metálicos, intoxicações específicas, de acordo com o metal.




Microorganismos e...
tracking img