China

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (296 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PIB per capita
A economia de Pequim cresceu 10,1 por cento em 2009 - 1,4 pontos acima da média do país - e seu Produto Interno Bruto per capita ultrapassou os 10.000 dólares, pelaprimeira vez, anunciou hoje a imprensa local. "O resultado é um marco para Pequim. Pelos padrões do Banco Mundial, Pequim tornou-se uma cidade moderadamente próspera", disse avice-directora do Serviço Municipal de Estatísticas

Concentração da renda
Um dos problemas mais complexos de política econômica na aceleração do desenvolvimento é a tendência para piora nadistribuição da renda. Isto vem ocorrendo na China, na Rússia e na Índia, sendo o Brasil uma das raras exceções, apesar de opiniões em contrário.
Na China, além do problema dadistribuição regional da renda, acentuam-se as diferenças dentro dos mesmos setores, como nos serviços e agricultura. As atividades das empresas estrangeiras se instalaram nas suas zonasespeciais, localizadas próximas ao litoral. As autoridades procuram induzir agora a ampliação das atividades econômicas no interior e, mesmo com as estatais, isto não é tão simples, poisfuncionam as economias de aglomeração e as facilidades logísticas.


Condições de trabalho.
A segurança é uma questão há tempos negligenciada em algumas regiões industriais dopaís asiático. Um ano e meio após a aprovação de uma nova lei trabalhista, considerada um marco na China, especialistas dizem que as condições de trabalho pioraram nas fábricas do sul dopaís, cujos produtos são voltados para a exportação.
Com a queda das exportações chinesas e o aumento do desemprego decorrentes da crise econômica mundial, há cada vez mais evidênciasde que as fábricas estão ignorando a nova lei chinesa, e de que o governo está relutante em fazê-la valer. Críticos dizem que Pequim teme demissões em massa e tensões sociais.
tracking img