Chico anizio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1217 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
“Não tenho medo de morrer. Tenho pena.” |
|


Esta é uma pesquisa sobre o grande humorista Chico Anysio, feita a pedido da minha professora de redação, Vércia, por seus alunos, Elane Simões, Lucas Simões e Leslie Santos. Com oobjetivo de falar sobre a vida deste grande ator e humorista que deixará saudades. |

Francisco "Chico" Anysio de Oliveira Paula Filho, nascido em Maranguape, 12 de abril de 1931 e falecido no Rio de janeiro no dia 23 de março de 2012.
Foi um humorista, ator, comentarista, compositor, diretor, escritor, pintor, radialista e roteirista brasileiro, notório por seus inúmeros quadros e programashumorísticos na Rede Globo, emissora onde trabalhou por mais de 40 anos. Ao dirigir e atuar ao lado de grandes nomes do humor brasileiro no rádio e na televisão, como Paulo Gracindo, Grande Otelo, Costinha, Walter D’Ávila, Jô Soares, Renato Corte Real e muitos outros, tornou-se um dos mais famosos, criativos, respeitados humoristas do Brasil.BIOGRAFIA
Chico Anysio mudou-se com sua família para o Rio de janeiro quando tinha seis anos de idade, decidiu tentar fazer um teste para locutor de rádio quando a sua irmã também faria. Saiu-se excepcionalmente bem no teste, ficando em segundo lugar, somente atrás de outro jovem iniciante, por coincidência, o próprio Silvio Santos. Na rádio na qual trabalhava,a Rádio Guanabara, exercia várias funções: radioator, comentarista de futebol etc. Participou do programa Papel carbono de Renato Murce. Na década de 1950 trabalhou nas rádios Mayrink Veiga, Clube de Pernambuco e Clube do Brasil.
 Nas chanchadas da década de 1950, Chico passou a escrever diálogos e, eventualmente, atuava como ator em filmes da Atlântida Cinematográfica. Na TV Rio estreou em1957 a Noite de Gala. Em 1959 estreou o programa Só Tem Tantã, lançado por Joaquim Silvério de Castro Barbosa, mais tarde chamado de Chico Total. Além de escrever e interpretar seus próprios textos no rádio, televisão e cinema, sempre com humor fino e inteligente, Chico se aventurou com relativo destaque pelo jornalismo esportivo, teatro, literatura e pintura, além de ter composto e gravado algumascanções.
Chico Anysio foi um dos responsáveis pela intermediação referente ao exílio de Caetano Veloso em Londres. Quando completou dois anos de exílio, Chico enviou uma carta para Veloso, para que este retornasse ao Brasil. Caetano e Gilberto Gil havia sido preso em São Paulo, duas semanas depois da decretação do AI-5, o ato que dava poderes absolutos ao regime militar. 
Desde 1968 esteve ligadoà Rede Globo, onde conseguiu o status de estrela num elenco que contava com os artistas mais famosos do Brasil; e graças também a relação de mútua admiração e respeito que estabeleceu com o executivo Boni. Após a saída de Boni da Globo nos anos 1990, Chico perdeu paulatinamente espaço na programação, situação agravada em 1996 por um acidente em que fraturou a mandíbula. Em 2005 fez umaparticipação no Sítio do Pica-pau Amarelo, onde interpretava o "Dr. Saraiva" e, recentemente, participou da novela Sinhá Moça, na Rede Globo.
Família
É pai do ator Lug de Paula (famoso por interpretar o personagem Seu Boneco em Escolinha do Professor Raimundo), do casamento com a atriz e comediante Nancy Wanderley;  do tambémcomediante e dublador Nizo Neto (que interpretou o personagem Seu Ptolomeu também em Escolinha do Professor Raimundo) e do diretor de imagem Rico Rondelli, da união com a atriz e vedete Rose Rondelli; de André Lucas, que é filho adotivo; do DJ Cícero Chaves, da relação com a ex-frenética Regina Chaves; e do ator/escritor Bruno Mazzeo, do casamento com a ex modelo e atriz Alcione Mazzeo. 
Também...
tracking img