Cfcs

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2169 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ
Mestrado em Meio ambiente e recursos hídricos

fernanda gonçalves
Marco túlio de faria

QUÍMICA ambiental (MMC 04)

clorofluorcarbonetos / camada de ozônio

itajubá (mg)
2012
ÍNDICE


1 INTRODUÇÃO 3
2 OBJETIVO 5
3 DISCUSSÃO 5
4 CONCLUSÃO 10
5 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 11

1. Introdução
A atmosfera terrestre écomposta por diversos gases, tendo cada um sua utilidade no meio, podendo ser isolados ou em associação.
O homem para evoluir modifica o meio ambiente de acordo com o que lhe é de interesse, e conjuntamente com outras atividades, emite gases causadores do efeito estufa: dióxido de carbono (CO2), metano (CH4), óxido nitroso (N2O), ozônio troposférico (O3) e clorofluorcarbonetos (CFC’s).
Umaassociação de átomos de oxigênio que sob a ação ultravioleta se unem formando uma molécula única (O3) é denominado ozônio (MORTIMER, 2006).
O ozônio é extremamente importante para a sobrevivência dos seres vivos, pois forma uma camada ao redor do planeta Terra localizada entre as camadas inferior e média da estratosfera (15 a 35 km) e esta camada tem como função absorver parte da radiaçãoultravioleta proveniente do Sol, pois caso não houvesse tal “escudo” a sobrevivência dos seres vivos seria inviável.
Dado a importância deste gás para os seres vivos em geral, e os problemas causados pela sua diminuição (buracos na camada de ozônio), essa “fina camada” que recobre toda a superfície da Terra sob qualquer agente degradante causa um impacto negativo considerável, caso este observado nosCFC’s que causaram e ainda causam sua destruição (ROCHA,2009).
Os clorofluorcarbonetos ou CFC’s erroneamente no passado foram tidos como a solução para diversos problemas da época sendo utilizados em diversos processos industriais (geladeiras, ar condicionado, sprays em geral, etc.) sem se saber que ele talvez pudesse gerar efeitos colaterais de grande escala e por tempo ilimitado.
A substânciatinha duas formulações mais utilizadas, o triclorofluormetano conhecido comercialmente como CFC-11 e o diclorofluormetano CFC-12 (KIRCHHOFF, 1988). A tabela (01) abaixo demonstra os fatores de conversão para tonelada PDO, segundo as substâncias destruidoras da camada de ozônio:

Tabela 1 – Fatores de conversão para tonelada PDO segundo as substâncias destruidoras da camada de ozônio |Substância destruidora da camada de ozônio | Fatores de conversão para toneladas PDO | Substância destruidora da camada de ozônio | Fatores de conversão para toneladas PDO |
HALON-1301 | 10,000 | Brometo de metila | 0,600 |
HALON-1211 | 3,000 | HFCF-141B | 0,110 |
CTC | 1,100 | TCA | 0,100 |
CFC-11 | 1,000 | HCFC-225 | 0,070 |
CFC-12 | 1,000 | HCFC-142B | 0,065 |
CFC-114 | 1,000 | HCFC-22 |0,055 |
CFC-211 | 1,000 | HCFC-21 | 0,040 |
CFC-113 | 0,800 | HCFC-124 | 0,022 |
CFC-115 | 0,600 | HCFC-123 | 0,020 |

Fonte: Brasil. Ministério do Meio Ambiente, Coordenação de Proteção da Camada de Ozônio
Nota: Tonelada PDO = tonelada potencial de destruição da camada de ozônio (1t PDO = 1t de CFC-11 ou CFC-12)

Estas substâncias foram escolhidas porque possuiam características excelentesem termos para a utilidade que necessitavam: não são tóxicos, não são inflamáveis, não são reativos e possuem a característica mais favorável para o seu uso em vasta escala na época que é possuir propriedades de condensação (BAIRD, 2002).
Após suspeitas e posteriores pesquisas no final da década de 70, houve a descoberta de que estas moléculas que antes eram tidas como a solução para diversosproblemas sofriam decomposição sob a ação dos raios ultravioleta liberando átomos de cloro, flúor e bromo (isso acontecia no mesmo local onde se localiza a camada de ozônio, onde a radiação é constante e possui frequência de onda de luz necessária para a decomposição).
Sem a proteção da camada de ozônio, mesmo que seja somente em algumas áreas (onde ocorrem os buracos), há maior entrada de...
tracking img