Cenario empresaria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1655 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO 3
2. DESENVOLVIMENTO 4
3. CONCLUSÃO 8
REFERÊNCIAS 9
INTRODUÇÃO

O presente trabalho tem como objetivo apresentar o tema: Cenário empresarial, que desenvolverá a matemática aserviço das empresas, fatores ambientais das organizações, aspectos jurídicos do empresário, a participação da contabilidade nas empresas e os princípios contábeis.

DESENVOLVIMENTO

De acordo com ALVES e FARIAS (2008), Na administração de uma empresa, a matemática é útil em diversas situações: na elaboração de um planejamento, no controle do fluxo de mercadorias, proporcionatambém soluções de problemas empresariais, seja na área de recursos humanos, de produção, de comercialização, de finanças ou na própria área de administração geral. A área mercadológica, por exemplo, tem por foco principal a utilização de técnicas que visam permitir uma determinada organização conhecerem o mercado atual e possível para o seu produto, objetivando uma maximização das vendas doreferido produto.
Neste contexto, a matemática esta presente em vários aspectos de nossas vidas, sendo de suma importância para o desenvolvimento de uma empresa. Sem ela não poderíamos comparar lucros e perdas de mercadorias, para chegar a qualquer resultado necessitamos da matemática. Além disso, a matemática é a ferramenta de trabalho essencial para o contador.
Muitos são osfatores ambientais que podem atrapalhar o desenvolvimento de uma empresa, como mão de obra qualificada indisponível, materiais, recursos financeiros entre outros. Para combater esses impactos negativos que surgem ao longo do tempo, o gestor possui uma ferramenta importante que se chama planejamento estratégico.
Conforme SOUZA e QUALHARINI (2007), o “Plano Estratégico” pode serentendido como o principal documento para a consolidação dos objetivos e metas nas empresas de uma forma geral. É essencial para a viabilidade das empresas de pequeno porte, só equivalendo-se em importância pela concepção, à implantação e contínuo monitoramento de um Plano de Negócio. A alta administração deve atentar para o envolvimento de todos os gestores importantes para o processo, utilizando-sede um planejamento participativo. Vale ponderar que Planejamento Estratégico não atua no campo da previsibilidade e sim, caracteriza-se substancialmente por procurar elucidar situações a médio e longo prazo estabelecendo um conjunto de diretrizes a serem seguidas mediante as condições e cenários considerados. É uma poderosa ferramenta de auxílio aos diversos processos decisórios e necessita seratualizado continuamente.
Segundo o SEBRAE (2009), No que se refere aos aspectos jurídicos de um empresário, são consideradas pessoas incapaz de serem empresários menores de 16 anos de idade, os que por enfermidade ou deficiência mental, não tiverem o necessário discernimento para a prática desses atos; os que mesmo por causa transitória, não puderem exprimir sua vontade. Além disso,são considerados incapazes os chefes do poder executivo, nacional, estadual ou municipal; os membros do poder legislativo, como senadores, deputados federais e estaduais, e vereadores, os membros do magistério público federal entre outros.
De acordo com a lei 10. 406/2002 do código civil brasileiro, a pessoa adquire a capacidade de ser empresário quando completa 18 anos de idade,quando estiver em pleno gozo da capacidade civil e não forem legalmente impedidos.
Ao se ser empreendedor o empresário tem a opção de constituir uma sociedade, ou seja, passar a ser uma pessoa jurídica.
Neste contexto, Segundo MIRANDA (2009), Pessoa Jurídica é uma unidade jurídica que resulta de uma reunião de pessoas físicas e/ou jurídicas e que possui contrato ou...
tracking img