Catolicos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (631 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O texto de hoje é caraterizado pela compaixão. Pois tudo nasce de um sentimento espontâneo do Senhor como homem, mas também como o Senhor da vida. Não é pedido, não exige a fé, é o Senhor que temcompaixão dos órfãos e é o que faz justiça às viúvas. E, de repente, Jesus levanta a voz para a viúva e diz: “Não chores!”
O Autor da vida usa o verbo no presente do imperativo para dizer que aquela mãedeve parar de chorar, uma vez que não existirá mais motivo para esse lamento e dor. Quem tem Jesus deixa de sofrer a morte. E os sofrimentos do tempo presente não têm nada a ver com a glória que sehá de revelar no final dos tempos “quando tudo se consumar em todos”, dirá São Paulo. Portanto, trata-se de uma palavra de consolação, que prepara uma intervenção, que evitará a causa do pranto.
“Eentão tendo-se adiantado, tocou o caixão. Os portadores, param e Ele diz: ‘Jovem, a ti digo: levanta-te’. E ergueu-se o morto e começou a falar e Jesus o entregou à sua mãe”.
A ordem de Jesus é imperiosae contundente. O verbo é imperativo passivo, que podemos traduzir por impessoal ou reflexivo. Jesus era Senhor dos mortos e estes lhe obedecem assim como as forças da natureza. “Quem é este a quem osventos e o mar obedecem?” O morto ergueu-se e começou a falar. O alento da vida se expressa de novo por meio da fala.
Jesus tomou o jovem pela mão e o levou até a mãe que não podia acreditar no queseus olhos estavam vendo. No ato há uma reminiscência da atitude de Elias quando, ressuscitado o filho, desceu até o andar térreo para entregá-lo à sua mãe viúva. Além de ser o Senhor da vida, Jesusatua como uma cópia de Elias, o antigo profeta, restaurador do verdadeiro culto divino a Javé entre os israelitas. Por isso, a exclamação dos presentes: “Um grande profeta há surgido! Deus visitou oseu povo!” E a fama de Jesus se espalhava por toda a parte.
Num mundo como o atual, em que a ausência do Deus criador, entrega ao homem o direito de sua vida e até a faculdade sobre outras vidas...
tracking img