Caso concreto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1195 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Plano de Aula: 6 - Modelos clássicos da análise e compreensão da sociedade e das instituições sociais e políticas
FUNDAMENTOS DAS CIÊNCIAS SOCIAIS
Título
6 - Modelos clássicos da análise e compreensão da sociedade e das instituições sociais e políticas
Número de Aulas por Semana
1
Número de Semana de Aula
6
Tema
A socologia de Émile Durkheim (I)
Objetivos
Definir o que é fato sociale suas características. Explicar a classificação dos fatos sociais como normais e patológicos. Identificar o crime como fato social e através do método proposto por Durkheim trabalhar o distanciamento necessário para analisar a evolução deste fenômeno a partir da ordem normativa de cada sociedade ou grupamento. Explicar a noção de consciência coletiva enquanto fenômeno associado às formas desolidariedade social. Demonstrar a influência da sociedade sobre comportamentos antes tidos como pessoais, problematizando as idéias de normalidade e patologia.
Estrutura do Conteúdo
1. Émile Durkheim – criador da Escola sociológica francesa, com ele a sociologia se constitui como uma disciplina rigorosamente cientifica. Define o objeto da sociologia: os fatos sociais e atribui-lhe um método deinvestigação: a análise objetiva dos fatos sociais, que deveriam ser estudados como “coisas”, ou seja, o investigador deveria manter uma relação objetividade com o objeto estudando, desfazendo-se de qualquer pré-noção em relação a eles. 2- Fatos sociais. Em seu livro “As regras do método sociológico”, Durkheim define os fatos sociais como “maneiras de agir, pensar e sentir que apresentam acaracterística marcante de existir fora da consciência individual”. Estes tipos de conduta ou de pensamento não são apenas exteriores aos indivíduos, são também gerais na extensão de toda sociedade conhecida e dada, são dotados de um poder imperativo e coercitivo que constitui características intrínsecas de tais fatos. Para Durkheim a sociedade, como todo organismo, apresenta estados normais e patológicos(saudáveis e doentios). 2.1. Fato social normal - É normal o fato que não extrapola os limites dos acontecimentos mais gerais de uma determinada sociedade e que refletem os valores e as condutas aceitas pela maior parte da população. Por isso, em sua concepção, o crime é considerado um fato social normal, porque pode ser entendido como necessário (útil) para uma sociedade, pois se a consciênciacoletiva (moral) fosse excessiva, se cristalizaria e a consciência individual inovadora não se manifestaria. Desse modo, onde o crime existe é porque os sentimentos coletivos estão no estado de maleabilidade necessária para tomar nova forma: representa um fato social que integra as pessoas em torno de uma conduta valorativa, que pune o comportado considerado nocivo, que fere a consciência coletiva.Quando os sentimentos coletivos são fortemente atingidos, algumas ofensas passam de faltas morais para delitos e crimes. É por essa lógica que ele irá avaliar o castigo imposto não como forma de acabar com o crime, mas sim para mantê-lo na taxa social “média”. 2.2. Fato social patológico – é todo fato fatos que extrapola os limites aceitos pela consciência coletiva vigente em uma sociedade, é ocomportamento tido com desviante. São fatos que põem em risco a harmonia e consenso representa um estado mórbido da sociedade. Eles são transitórios e excepcionais assim como as doenças. 2.3. Normalidade x patologia: O que é normal? Quais os parâmetros estabelecidos para diferenciar o “normal” do “anormal”? O que é normal varia de sociedade para sociedade. Segundo Richard Miskolci, “os anormais nadamais são do que construções sociais naturalizadas, as quais derivam de relações de poder que atribuem a eles uma posição de inferioridade e submissão na ordem social. Nossos corpos socializados trazem o passado ao presente e contribuem para a manutenção das categorias sociais e da hierarquia imposta pelo padrão de normalidade burguês. Assim, a desigualdade de poder chega aos indivíduos nos seus...
tracking img