Case ikea

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1137 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CASE STUDY 3
ikea
A lKEA é um varejo de móveis com uma
diferença. Com cerca de 100 lojas gigantes
operando em cerca de 15 países, tem
desenvolvido sua própria maneira especial de
vender móveis que parece impressionar aos
consumidores de todas as nacionalidades.
Tipicamente, os consumidores da lKEA
passam entre uma hora e meia a duas horas
na loja - bem mais do que nas lojas de móveisrivais. Uma razão importante para isso é a
eficácia da forma como organiza suas lojas.
Todas são iguais nos aspectos mais
importantes, em todo o mundo. O design e a
filosofia das operações de suas lojas
reproduzem o negócio original iniciado ao sul
da Suécia por Ingvar Kampradt nos anos 50.
Naquele tempo, Kampradt foi bem-sucedido
na venda de móveis através de catálogo. Em
resposta aospedidos dos consumidores para
que tomasse mais fácil a visualização de
alguns de seus móveis, construiu um
showroom em Estocolmo, não no centro da
cidade onde o terreno era caro, mas em suas
redondezas.
Em vez de comprar displays caros, ele,
simplesmente, organizou os móveis, mais ou
menos, na disposição em que se
encontrariam nos ambientes domésticos.
Também, em vez de transportar osmóveis do
depósito para o showroom, pedia que os
consumidores os retirassem diretamente do
armazém. Essa abordagem "anti-serviço",
como foi descrita, é a base das lojas IKEA de
hoje.
Os móveis IKEA representam "valor pelo
dinheiro" com ampla variedade de escolha.
Geralmente, são projetados para ser
estocados e vendidos "encaixotados", mas de
montagem fácil pelos consumidores. Todas as
lojassão projetadas em tomo do mesmo
conceito de serviço: facilidade de localização,
estacionamento, movimentação em seu
interior e simplicidade para fazer o pedido e
retirar os bens adquiridos.
Na entrada de cada loja, há grandes quadros
de avisos que proclamam a filosofia da IKEA e
orientam os consumidores ainda não
acostumados com a loja. Catálogos estão
também disponíveis nesse ponto,mostrando
ilustrações, dimensões e variedade de
produtos disponíveis. Talvez, mais importante
para os compradores com crianças, há
também uma área de lazer, um pequeno
cinema, uma sala para cuidados com o bebê e
banheiros. Os pais podem deixar seus filhos
na área de lazer suervisionada por um limitado
período de tempo.
Cada criança é vestida com um avental
amarelo numerado para facilitar alocalização
dos pais através de um sistema de altofalantes,
caso ocorra qualquer problema. Os
consumidores podem também tomar carrinhos
emprestados, caso desejem manter seus filhos
G SOLUÇÕES ESTRATÉGIA EMPRESARIAL  PROFª REGINA N PAGANI
50
próximos enquanto estiverem no interior da
loja
Algumas partes do showroom mostram
quartos montados, enquanto outras exibem,
por exempIo, todas ascamas reunidas,
permitindo que os consumidores façam
comparações. Estes não são abordados por
qualquer vendedor para oferecer ajuda ou
orientação. A filosofia da IKEA é não
"atrapalhar" os consumidores dessa maneira,
mas deixá-los à vontade e com tempo de
pensar. Se um consumidor desejar
orientação, há pontos de informações no
showroom onde funcionários, com uniformes
vermelhos vivos,podem ajudá-lo e orientá-lo,
fornecendo réguas, papel para esquemas e
assim por diante. Cada móvel possui uma
etiqueta indicando suas dimensões, preço,
materiais usados, país de origem e outras
cores disponíveis. Há também um código
numérico que indica a localização do mesmo
no depósito, de onde pode ser retirado. As
etiquetas dos itens de grandes dimensões
orientam para que osinteressados se dirijam
ao setor de informações para maiores
esclarecimentos. Após visitar o showroom, os
consumidores passam para uma área de
auto-serviço, onde pequenos itens são
expostos em prateleiras. Eles podem ser
retirados diretamente das prateleiras pelos
consumidores e colocados em sacolas
amarelas ou carrinhos. Depois, os
consumidores passam pelo armazém de auto
serviço onde podem...
tracking img