Carlos drummond de andrade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5421 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

Introduziremos sucintamente sobre o modernismo e suas fases para que, depois, possamos discorrer sobre o escritor Carlos Drummond de Andrade, que foi um dos escritores renomados e que obteve destaque no Modernismo. Na literatura o modernismo foi ligado por três fatos: um movimento, uma estética e um período. Surgiu em 1922 em São Paulo, com a Semana da Arte Moderna e depois seramificou pelo País, com a finalidade de superar a literatura vigente, renovando e formulando em novos termos a estética, a literatura e o escritor.
Sua primeira fase foi de 1922 a 1930. Podemos dizer que e foi uma fase heroica, coincidindo com o Centenário da independência e a Guerra Mundial que influenciou no crescimento das indústrias e na economia. Surge uma mentalidade renovadora na educação, nasartes e no sistema político.
A segunda fase aconteceu de 1930 a 1945, foi a fase do Regionalismo e do engajamento ideológico. Funda-se em 1930 o Partido Comunista Brasileiro, uma etapa significativa da política de massas, que se avultaria cada vez mais. Estavam todos sofrendo a crise econômica mundial. Com a vitória dos liberais na Revolução de Outubro, ouve um sopro de esperança que percorreuo país, criando um clima para renovação na literatura e nas artes.
Na literatura podemos descrever a primeira fase do modernismo como a fase da descoberta. Os temas são nacionalistas, heroicos, coisas quotidianas. É voltado pra a estética; surge uma mudança nas formas, os padrões estéticos portugueses são rejeitados; há a busca de uma expressão mais coloquial, próxima do modo de falar brasileiro.Na poesia, nota-se o abandono das formas poéticas consagradas, que haviam sido cristalizadas pelo Parnasianismo. Há uma espécie de extravasamento do lirismo, com versos livres que permitem um registro sensível da realidade exterior e interior, ampliando assim a expressividade. Querem mostrar que a poesia está na essência do que é dito, ou no choque das palavras escolhidas, não nos recursosformais. São temas simples carregados de sentimentos. A arte se torna liberdade, porém a responsabilidade é bem maior, visto que não seria utilizada nenhuma regra para escrever.
Ainda falando da literatura Modernista, observaremos que a segunda fase é mais crítica, vai se aprofundar na ideologia da sociedade, se utilizam de um tom humorístico, a qual não era aceita pela poesia “séria”. A ironia éusada como instrumento de análise moral, aprofundamento das emoções e senso de complexidade do homem e do mundo. Vão criticar a sociedade sem “medo”, se utilizando de palavras que causavam choque na sociedade.
Em 1945 a 1955 é a retomada do Formalismo, porém com grandes modificações na literatura e na poesia. Não existe agora uma próxima escola literária, podemos identificar a escrita moderna até osdias atuais, já que os autores e escritores são livres para escrever da forma que querem. Não podemos deixar de ressaltar que, o Modernismo contou com importantes escritores que renovaram a Literatura Brasileira, e entre eles se enquadra Carlos Drummond de Andrade, que fez parte do Movimento Modernista em todas as suas fases e sobrevive ate os dias atuais. E que é objeto do nosso corpus, o qualfalaremos a seguir.

O autor e o percurso de sua obra
Carlos Drummond de Andrade nasceu em Itabira (MG), em 1902. Estudou em colégios jesuítas de Belo Horizonte e do Rio de Janeiro e desde pequeno seus dotes questionadores eram evidentes aos professores. Drummond chegou a ser expulso do Colégio Anchieta (Nova Friburgo – RJ) por insubordinação mental. Foi estudar em Belo Horizonte e mais tarde seformou em farmácia. Em 1920, mudou-se para Belo Horizonte com sua família, e lá publicou seus primeiros trabalhos: poemas, artigos e crônicas para o Jornal de Minas. Em março de 1921, o cronista Drummond estreou no Diário de Minas, jornal que se tornou um reduto dos modernistas mineiros, dando início a uma participação que durou mais de dez anos.
Paralelo à vida de escritor e jornalista,...
tracking img