Carboidratos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3223 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Estadual do Oeste do Paraná – Unioeste
Campus Marechal Cândido Rondon
Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Zootecnia






















Digestão e Absorção dos Carboidratos














Revisão de literatura apresentada ao Curso de Mestrado em Zootecnia comorequisito para avaliação da Disciplina Fisiologia da Digestão, ministrada pelo Profº. Dr. Vladimir de Oliveira.
Mestranda: Vanessa Piovesan


























Marechal Cândido Rondon
Outubro, 2007
1 INTRODUÇÃO AOS CARBOIDRATOS


Os carboidratos são as moléculas orgânicas mais abundantes na natureza e certoscarboidratos (açúcares comuns e amido) são a base da dieta animal na maior parte do mundo.
Eles possuem uma grande variedade de funções, as quais incluem o fornecimento de uma fração significativa de energia na dieta da maioria dos organismos, sendo a oxidação dos carboidratos a principal via metabólica fornecedora de energia para as células não fotossintéticas.
Os carboidratos atuamainda como uma forma de armazenamento de energia, participam como componentes da membrana celular e como mediadores de algumas formas de comunicação intracelular. Atuam também como componentes estruturais de muitos organismos, incluindo a parede celular de bactérias, exoesqueleto de insetos e as fibras de celulose das plantas.
A fórmula empírica para muitos dos carboidratos mais simples é(CH2O)n, daí o nome “hidratos de carbono”.
Nos vegetais, os glicídios são formados através de fotossíntese. A fixação do dióxido de carbono (CO2) e da água (H2O) em presença da luz solar e da clorofila fazem com que os glicídios sejam armazenados na planta, como na raiz, sementes, fruto, caule e folhas.
Dentre os poucos glicídios de origem animal cita-se a lactose (açúcar do leite) ea frutose (açúcar do mel).



2 COMPOSIÇÃO DOS CARBOIDRATOS


São compostos de carbono, hidrogênio e oxigênio, sendo que os dois últimos se encontram na molécula, na mesma proporção que a água, isto é, 2 átomos de hidrogênio para 1 átomo de oxigênio. Como exemplo, a glicose, hidrato de carbono fundamental, tem como fórmula C6H12O6.




3 ESTRUTURA E CLASSIFICAÇÃO DOSCARBOIDRATOS


Os carboidratos com um aldeído como seu grupo funcional mais oxidado são denominados aldolases, enquanto aqueles com um grupo cetona como seu grupo funcional mais oxidado são denominados cetoses (figura 1). Por exemplo, o gliceraldeído é uma aldose, enquanto a diidroxicetona é uma cetose.






Figura 1 (fig 7.2 Bioquímica ilustrada)
Fonte: Champe et al.(2007).


Alguns contêm também nitrogênio, fósforo ou enxofre na sua estrutura química.
Os carboidratos são divididos em três classes principais de acordo com o seu tamanho: monossacarídeos, oligossacarídeos e polissacarídeos.


3.1 Monossacarídeos:
Os monossacarídeos são os carboidratos simples e podem ser classificados de acordo com o número de átomos de carbono quecontêm. Estes, não precisam sofrer qualquer tipo de transformação para serem absorvidos pelo organismo.
Exemplos de monossacarídeos encontrados em animais, classificados de acordo com o número de carbonos que contém está listado na tabela 7.1 Bioquímica ilustrada.
A glicose, frutose e galactose sãos os açucares simples mais importantes na dieta animal. A glicose (dextrose), umahexose, é a forma de açúcar que circula no sangue e se oxida para fornecer energia. No metabolismo animal, todos os demais tipos de açúcares se transformam em glicose, e esta é encontrada, por exemplo, no milho, frutas e vegetais. A frutose (levulose) é o açúcar das frutas. A galactose compõe a lactose, o açúcar do leite.
Os monossacarídeos podem ligar-se por ligações glicosídicas, criando...
tracking img