Capitulo 2

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2750 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Talita está andando nas ruas, se prostituindo.
Vick desce do carro. E sai andando.
Vick e Talita se cruzam.
Vick: Eu já sai e já voltei duas vezes e você ainda ta aqui. Tá com algum problema?
Talita: Eu acho que já vou pra casa. Eu não to com disposição pra hoje.
Vick: Você é quem sabe. Quem ta perdendo dinheiro mesmo é você.
Vick sai. E Talita continua andando. Talita entra numaesquina. Talita vê Alicia e Lucas saindo do carro.
Alicia está gritando: Lucas.
Alicia: Lucas. Meu amor.
Lucas está tendo convulsão, cai no chão e com o nariz bastante ensangüentado.
Talita se aproxima.
Alicia tenta segurar Lucas.
Alicia: Me ajuda moça. Chama o medico. Chama alguém.
Talita pega o celular: Eu to ligando pra ambulância. Fica calma. Ai meu Deus... Não vai dar tempo.
Lucas parade ter convulsão e morre.
Alicia: Ai. Lucas. Lucas. Não faz isso comigo, Lucas.
Talita se benze.
As pessoas se aproximam.
Alicia: Eu te avisei meu amor. Eu te avisei.
-------------------------------------------------
Alicia grita: Lucas!
Elisa fala com as empregas: Não meninas. Por hoje chega. Vocês trabalharam muito. Vão descansar. Amanhã a gente resolve essa bagunça.
Lucia: A senhora vádescansar também.
Elisa: Eu vou. Boa noite meninas.
-------------------------------------------------
As empregadas falam: Boa noite.
Elisa entra no quarto. O quarto está todo decorado a luz de velas.
Elisa sorri: Não posso acreditar nisso.
Leandro: Ué, e por que não? Você pode fazer uma linda festa pra mim e eu não posso querer te proporcionar uma noite mais linda ainda?
Elisa ri.-------------------------------------------------
Os dois se beijam.
Igor, Manuela e Márcia estão no carro.
Manuela: Pai, eu to com fome. Para naquela lanchonete. Por favor.
Márcia: Eu não acredito que nos acabamos de sair do shopping e você vai fazer o papai parar pra ir numa lanchonete que é no outro lado da rua.
Manuela: Mas eu não tava com fome.
Igor: Tudo bem, Márcia. Deixa.
Márcia:Deixa. É por isso que ela ta assim. Mimada. Birrenta.
Igor: Pior que ela é você. Que tem mais de 20 anos e é mais mimada e mais birrenta ainda que uma criança de sete.
Márcia: Como?
Igor: Pronto, filha. Chegamos. Você vem com o papai ou você vai ficar aqui no carro com a sua irmã?
Manuela: Eu quero ir com você pai.
Igor: Então vamos.
Márcia: Você vai se arrepender pelo o que você me disse.Igor e Márcia se entreolham.
Igor sai andando com Manuela para o outro lado da rua onde está a lanchonete.
Márcia tira o espelho da bolsa e retoca o batom. Márcia ouve uma batida de carro estrondosa. Márcia olha assustada. Márcia vê seu pai e sua irmã caídos no chão pela janela do carro.
Márcia grita: Pai!
-------------------------------------------------
Márcia sai correndo do carro.Cléo está com a xícara de chá na mão. A xícara cai de sua mão. E se quebra. Cléo esta arrepiada.
-------------------------------------------------
Cléo: Meu Deus, o que é isso?
Iris e Eric estão chegando em casa.
Iris: Eu to cansada desses teus escândalos Eric.
Eric: Eu já disse que não sabia que o cara era... Gay.
Iris: E mesmo que não fosse. Droga! Ele não tinha me dito nada demais.
Eric:Ah não? Ele te chamou de linda. Disse que o vestido lhe caiu muito bem. Isso não é nada demais? Ok, agora parando pra analisar... Normal vindo de um gay. Mas eu não sabia, eu...
Iris: Eu não agüento mais. Eu estou no meu limite, Eric! Será que você não vê? O quanto que você me faz sofrer? O quanto que você me faz infeliz? Não. Você não vê. Sabe por quê? Por que... Você não me ama. Isso não éamor. Isso é posse. Você é um homem possessivo. Você não liga para os meus sentimentos. Para a minha paz. Parece até... Que já foi traído.
Eric: Nunca fui. E você está altamente equivocada em todas essas coisas que você ta dizendo...
Iris: Nunca foi traído antes, mas esta sendo agora.
Eric fica sem reação.
Iris: Eu tenho outro, Eric. E eu quero me separar de você.
Eric e Iris se encaram....
tracking img