Capitalismo e trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1100 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO

Capitalismo e Trabalho

Resenha do Capítulo “Capitalismo e Trabalho” do Livro “A escola do Trabalho e o Trabalho da Escola” de Luiz Antonio de Carvalho Franco

O trabalho tem se constituído um poderoso instrumento de desumanização e embrutecimento do trabalhador.Enquanto a escola de 1° grau estará preparando o aluno para o trabalho a escola de 2° grau está muitomais presente e precisa ser tratada tendo em conta a especificidade desse grau de ensino.
No período manufatureiro, os artesãos, que anteriormente eram produtores independentes, passam a ser paulatinamente subordinados aos interesses do capital através de um processo crescente de racionalização da produção.A expropriação final dos artesãos pelo capital somente ocorre quando o trabalhoexecutado por eles, individualmente, passa a ser executado por máquinas.A partir da manufatura que o capital conseguirá impor certa divisão do trabalho, que se apoiará ainda na destreza e na habilidade individual do trabalhador.
O capitalismo monopolista, que se complexifica de forma acelerada, introduz, então, "gerência científica", uma vez que o capitalismo monopolista exige métodos modernos emaquinarias sofisticadas, dentro de um empenho para planejar e controlar o processo de trabalho e torná-lo um processo dirigido exclusivamente pela gerência.A separação entre teoria e prática, concepção e execução, pensamento e ação é a marca distintiva do trabalho no capitalismo moderno e, consequentemente, do seu empobrecimento.A mão-de-obra qualificada tende a ser menos eficiente do que asemiqualificada ou não qualificada, quando supervisionadas diretamente; e isto é de se esperar, pois o operário qualificado estabelece seu próprio ritmo de trabalho ao invés de adequá-lo ao da máquina.
A sofisticação científico-tecnológica não implica maior qualificação dos trabalhadores (como a aparência das coisas poderia indicar). Ao contrário, implica a crescente desqualificação do trabalhador e,consequentemente, a degradação do trabalho, sendo a qualificação confrontada com a destreza.
Na grande indústria capitalista moderna, destreza aumentada significa qualificação diminuída.Os interesses econômicos e políticos da burguesia são assegurados, direta ou indiretamente, pelo Estado. A burguesia, assim, impõe a sua dominação tanto através da coerção quanto do consenso. A burguesiaestabelece a sua hegemonia e a partir da fábrica através de técnicos e cientistas ligados à produção. Esses intelectuais têm a função de "educar" o trabalhador para o trabalho alienado e, ao mesmo tempo, difundir normas e valores compatíveis com a acumulação ampliada do capital. O empresário capitalista, assim, cria consigo o tipo de intelectual necessário à indústria, à reprodução ampliada do capital.Todos os homens são intelectuais, poder-se-ia dizer então; mas nem todos os homens desempenham na sociedade a função de intelectuais. A burguesia ou proletariado criam os seus "intelectuais orgânicos", através do processo denominado "transformismo", no qual as classes dominantes incorporam e assimilam os intelectuais das classes dominadas, procurando, assim, enfraquecer as condições concretas deluta política das classes trabalhadoras, fazendo com que os intelectuais destas passem a desenvolver uma função subalterna no bloco histórico dominante.
A atividade intelectual deve ser diferenciada em graus.A empresa moderna conta com os intelectuais encarregados da concepção e organização do processo de trabalho em sua base moderna: "gerência científica" (intelectuais que não só concebem adivisão e organização do trabalho, mas que também estabelecem as formas de controle sobre o processo de trabalho, de acordo com os interesses do capital).
A "gerência científica" exerce a coordenação e subordinação através de dois mecanismos básicos: o primeiro é aquele que permite controlar as diversas fases do processo de trabalho, é a pirâmide hierárquica, a delegação dos poderes e de...
tracking img