Capital de giro nas empresas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4158 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FMU – FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS

CAPITAL DE GIRO DAS EMPRESAS

Nome: Lígia Cristiane da Costa

SÃO PAULO
2010

Sumário
Introdução 3
Natureza da Administração do Capital de Giro 4
Capital de Giro Circulante Líquido - CCL 6
Ciclo Operacional 9
Conflito Risco-Retorno na Administração do Capital de Giro 11
Equilíbrio Financeiro 12
Estrutura das Taxas de Juros 13
Alternativasde Financiamento do Capital Giro .................................................... 15
Indicadores de Liquidez 16
Referências Bibliográficas 21

Introdução

Uma organização com fins lucrativos, independente do seu setor, seja indústria, comércio ou de serviço, só é criada para gerar valor aos proprietários de capital. Uma empresa agrega valor aos acionistas quando seus resultados sãosuperiores ao custo de capital, seja ele próprio ou de terceiros. Para isso, a gestão financeira se utiliza de inúmeras técnicas, métodos e modelos de gestão, com o objetivo de geração de valor.
Este trabalho tem o objetivo de demonstrar, que cada vez mais reconhecida com uma área importante para o equilíbrio financeiro das empresas, tendo participação decisiva no sucesso dos negócios. Efetivamente, aqualidade das decisões que envolvem o capital de giro é dependente da capacidade analítica do administrador ou controller, para compreender o problema em toda sua extensão, e do conhecimento técnico para definir a melhor solução.
É importante ter em conta que a administração do capital de giro trata dos ativos e passivos correntes como decisões interdependentes. A presença de ativos correntesna estrutura financeira das empresas serve para viabilizar financeiramente seus negócios e contribuir para a formação do retorno econômico do investimento realizado. O capital de giro refere-se aos recursos correntes (curto prazo) da empresa, geralmente identificados com aqueles que serão convertidos em caixa no prazo máximo de um ano.
Conforme o mercado, a empresas formalizam estratégiasoperacionais de atuação, principalmente em relação à administração do capital de giro, avaliando seus investimentos correntes e selecionando os passivos mais adequados. Em determinando enfoque, uma empresa deve investir em capital de giro enquanto o retorno marginal dos ativos correntes se mantiver acima do custo dos recursos alocados para seu financiamento.
Apesar de a quantificação destas medicas decusto e retorno nem sempre ser operacionalmente simples na prática, a proposição é relevante principalmente como uma orientação teórica para as decisões que envolvem investimentos em capital de giro.
A importância para o capital de giro para uma empresa é determinada principalmente pelo volume de vendas, o qual é lastreado pelos estoques, duplicatas a receber e caixa, sazonalidades dos negócios,que determina variações nas necessidades de recursos ao longo do tempo; fatores cíclios da economia, como recessão, comportamento do mercado, etc.
A administração do capital de giro encontra-se inserida no contexto decisorial das finanças da empresas, permitindo melhor entendimento de como as organizações geram, aplicam e gerenciam seus recursos financeiros. Constitui-se, em outras palavras, numconjunto de regras que tem por objetivo a preservação da saúde financeira da empresa. Ao abranger as decisões financeiras de curto prazo das empresas, a administração do capital de giro também incorpora este desenvolvimento técnico, assumindo importância relevante na gestão das organizações.

Natureza da Administração do Capital de Giro

O termo giro refere-se aos recursos correntes (curtoprazo) da empresa, geralmente identificados como aqueles capazes de serem convertidos em caixa.
No balanço patrimonial abaixo apresentamos seus principais itens, permite que se identifiquem algumas definições do capital de giro.



Figura 1.1 Balanço Patrimonial
Os elementos de giro, diante da definição apresentada, são...
tracking img