Cancer de pulmao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1409 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
6543212109876543210987654321098765432165432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321

O DESMAME NA VENTILAÇÃO ARTIFICIAL
Regina Gabriela Caldas de Moraes1
Susane Rodrigues Sasaki2

RESUMO:
Com o progresso do conhecimento sobre a fisiologia respiratória
e fisiopatologia das afecções pulmonares, e em função do
desenvolvimento tecnológico,ampliou-se consideravelmente a
indicação da ventilação mecânica. Entretanto, apesar dos
avanços registrados, a ventilação artificial é procedimento
usualmente invasivo associado a complicações sistêmicas e
pulmonares, que tornam conveniente, tão logo possível, o retorno
à ventilação autônoma. Com efeito, a ventilação artificial deve
ser vista através da perspectiva da restauração da autonomiaventilatória

O Desmame é o termo
comumente empregado, na rotina de Terapia Intensiva, para
conceituar o protocolo clínico da
retirada rápida ou gradual e definitiva do paciente do ventilador
mecânico (AZEREDO, 2002).

ções clínicas devem estar presentes no momento de iniciar o desmame. Esses critérios são os seguintes:

Segundo Costa (1999), o
processo de desmame tem início
quando o paciente começaa respirar espontaneamente, ou seja,
à medida que o quadro clínico se
estabiliza e os fatores responsáveis pela insuficiência respiratória são controlados. Inicialmente,
explica-se ao paciente o objetivo
do trabalho que lhe será imposto,
por meio de modificações na ventilação mecânica.

! Estabilidade cardiovas-

Alguns critérios e condi-

! Controle

da causa
determinante da ventilação
mecânica;cular _ deve-se lembrar
que a musculatura
diafragmática necessita de
um bom débito cardíaco
para um funcionamento
adequado, além de uma
oferta satisfatória de oxigênio;

! Estabilidade das trocas
gasosas _ espera- se que
o paciente seja capaz de

obter uma saturação arterial acima de 90% com
uma FiO2 de 40% ou menos; pH, 7,35 a 7,45; PaO2,
> 80mm Hg; PEEP, < 5cm
H2O; e PaO2/ FiO2, >200.INDICAÇÃO:
Nem sempre a interrupção da ventilação artificial (“desmame”) é intervenção simples e
rápida. As falhas são comuns,
particularmente, após ventilação
mecânica prolongada. São numerosos os fatores associados às
falhas no desmame). Condições
indispensáveis devem ser
alcançadas antes de iniciar o desmame.

1
Acadêmica do 4º ano do curso de Fisioterapia da UNAMA e ex-monitora da disciplina deBioquímica e Noções de
Farmacodinâmica.
2
Acadêmica do 4º ano do curso de Fisioterapia da UNAMA e monitora da disciplina Semiogênese e Semiotécnica
Fisioteraêutica.

Lato & Sensu, Belém, v. 4, n. 1, p. 3-5, out, 2003.

1

65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
6543212109876543210987654321098765432165432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321
65432121098765432109876543210987654321

Quando Iniciar o Desmame - 1o passo

!Paciente acordado e

CRITÉRIOS RESPIRATÓRIOS PADRONIZADOS
PARA O DESMAME

responsivo.

! Paciente clinicamente
estável

! Ausência de infusão de
drogas vasoativas

! Ausência de arritmias
! Nenhuma dose ou dose
mínima de sedativos

! Tosse adequada durante
aspiração

! Temperatura < 38o C
! FiO2/PaO2 > 200
! Ventilação minuto < 15 l/
min

! PEEP < 5 cmH2O
Desmame - 2o passo

! Paciente...
tracking img