Cadeia produtiva do arroz

INTRODUÇÃO


Os estudos de cadeias produtivas começam, agora, a ser mais comuns no Brasil. Certamente, mais do que uma necessidade, a complexidade dos inter-relacionamentos setoriais tornou-osuma exigência básica para a compreensão de parte considerável da economia e da sociedade brasileiras.
Neste estudo está-se colocando o foco em uma dessas cadeias: a do arroz. item importante daalimentação do brasileiro, o arroz, há muito, deixou de ter um caminho curto da fazenda até a mesa do morador citadino. Não apenas a sua produção agrícola tornou-se mais complexa, com a intensaintrodução da ciência e da tecnologia, como também a rede de relações e interesses que o cerca tornou-se ampla e com elevado grau de complexidade.




IMPORTÂNCIA DA CULTURA


Em todo o Brasil, acultura do arroz tem uma importante contribuição na produção total de grãos. Antes da divisão do Estado de Goiás, o arroz participava, em média, com 1 8% na produção de grãos da Região Centro-Oestee com cerca de 4% na produção de grãos no Brasil. Após a divisão, o arroz passou a participar com cerca de 8% a 10% na Região Centro-Oeste e com 2% na produção brasileira.
Na Região Centro-Oeste,no período 1 975-1 980, a cultura do arroz obteve um acréscimo de 50,18% na área cultivada, passando de 1,72 milhão para 2,585 milhões de hectares. Entre 1975 e 1987 apresentou relativaestabilidade no volume de produção, com uma taxa de crescimento de 2,2% ao ano. Na década de 80, a taxa de crescimento da produção teve tendência negativa nessa Região, enquanto no Brasil cresceu 1,2%, emmédia. A participação da produção regional de arroz, no total nacional, passou de 32%, em 1 980, para 13%, em 1991.


|PRODUTIVIDADE DE ARROZ (Kg/Ha)|
|ESTADO |1995 |1996 |1997 |1998 |
|RS |5.095 |5.018...