Burgueses - manifesto comunista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1104 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
No século XIX o comunismo já era reconhecido por todos os poderes da Europa como um “poder”. A partir disso é dada a iniciativa de construir um manifesto baseado na ideologia desse novo “poder”. Quando Marx e Engels publicam o manifesto comunista em 1848, eles elencam alguns tópicos, para que se entenda a ideologia do partido. Escrito de forma que contextualiza cada tópico para que o entendimentoseja mais fácil.
Segundo o manifesto, toda a história da humanidade é baseada nas lutas de classes, assim, a humanidade e os processos que advém desta, só se movimentam baseados num sistema de choque entre opressor e oprimido. Porém, a única classe que alterou esse “choque” de alguma forma foi a burguesia. Ou seja, o proletariado passa por fases de desenvolvimento, ele já nasce em luta constantecom a burguesia, tanto contra a classe burguesa quanto com os instrumentos de produção que terá que levar durante a vida toda. Em toda a história, não houve nenhuma classe como a burguesia. A burguesia surge a partir da constituição das cidades, onde os antigos servos são quase que substituídos pelos novos burgueses. E não só a nova classe se constituiu nas cidades como a partir de agora elacomeça a domina-las, criando cidades tão grandes quanto o possível e aumentando o êxodo rural consideravelmente.
Outros detalhes que geraram os primeiros elementos da burguesia para que ela se constituísse como a conhecemos hoje, foi, desde o descobrimento da América até o comércio com as novas colônias. Pode parecer absolutamente desconexo, mas não é. Com a descoberta da América, os mercadosinternacionais se abrem – por consequência também se desenvolve as navegações e a comunicação por terra.  A burguesia mudou todas as formas de produção que existiam antes dela para que pudesse “sobreviver”, assim, a manufatura iniciada no período feudal não era mais suficiente para suprir a grande demanda. O que fazer? Substitui-se por outros grupos de trabalho e a completa divisão da oficina. Assim,surge a introdução da maquinaria.
A nova classe rompe inteiramente com qualquer coisa do sistema anterior [o feudal] que poderia existir. A burguesia destrói todas as relações de senhor e servo para que não haja mais um sentimento natural de hierarquia. A partir de agora há apenas uma liberdade baseada na exploração descarada e direta, ao invés da exploração política e religiosa. Com isso a burguesiatoma totalmente o lugar da ideologia cristã e transforma todas as profissões mais saudosas em reles “funcionários”. E não só isso, também modificou o seio da família trocando valores por dinheiro e também convertendo mérito pessoal em dinheiro.
Foi a primeira classe que mostrou como o ser humano pode modificar, de fato, seu meio e transformar tudo em trabalho e algo aproveitável ao confortohumano. Tanto é que as modificações à “força” no meio são tão maçantes que a burguesia obriga a transformação da sociedade mais bárbara até a mais civilizada, sob pena de extinção – caso esta não aderir ao seu sistema de produção etc [já que a relação de um mercado em expansão necessita que ela [burguesia] esteja presente em todos os cantos do globo]. Eis que isso se dá de tal forma que a sociedadeevoluiu tecnologicamente e produtivamente em 150 anos, o que não evoluiu em 5 mil anos! Simples: a burguesia não consegue existir sem revolucionar os meios de produção e a forma de produção. Assim, criando forças produtivas que nenhuma outra geração havia criado. Também dá origem a relação de dominação constante, deixando países menos desenvolvidos a mercê de países muito desenvolvidos.
Tornou otrabalho alienado e especializado, para que o trabalhador se tornasse apenas um apêndice da máquina. Criou superpopulação e concentrou o poder e as riquezas nas mãos de poucas pessoas [já que a partir de agora o uso da maquinaria e a divisão do trabalho fez com que o trabalho perdesse um valor individual e único]. Quando o trabalho se torna especializado e programado, o trabalhador começa a...
tracking img